segunda-feira, julho 22, 2024

Angelina Jolie alega que Brad Pitt AGREDIU seus filhos durante voo

Novos detalhes POLÊMICOS envolvendo o processo judicial entre os atores Angelina Jolie e Brad Pitt foram divulgados. O site New York Times teve acesso aos documentos apresentados hoje (4) no tribunal de Los Angeles.

Jolie alega que o seu ex-marido “enforcou um de seus filhos e deu um tapa no rosto de outro” durante um infame voo de 2016 que levou à separação do casal. Pitt alegadamente também a “agarrou” pela cabeça e a “balançou”.

Além disso, em determinado momento durante o voo, o ator jogou álcool nela e nas crianças. Pitt, obviamente, negou as acuações sobre abuso físico contra sua ex-eposa e seus filhos.

Vale lembrar que o caso voltou a ganhar notoriedade após Jolie processar, anonimamente, o FBI para descobrir as razões pelas quais o seu ex-marido, Brad Pitt, não foi indiciado por violência doméstica após a investigação de uma briga do casal durante o voo particular, em setembro de 2016.

De acordo com a Variety, Jolie teria entrado com uma ação contra a instituição estadunidense em abril, solicitando os documentos da investigação contra o ator. A atriz estaria tentando entender o motivo pelo qual nenhum processo criminal foi aberto contra Brad Pitt no época do acontecido.

E, segundo relatório da Puck, documentos revelam uma intensa briga entre o ex-casal durante um voo com os filhos, onde Jolie denunciou a um agente do FBI que Pitt “agrediu física e verbalmente” ela e os filhos.

Na ocasião, o agente teria anotado que o ator levou a ex-esposa para os fundos do avião, a agarrou pela cabeça e pelos ombros, gritando frases como: “Você está f*dendo essa família”. A atriz alegou que houve uma briga física, que resultou em ferimentos no seu cotovelo. Os advogados de Brad Pitt negaram as acusações.

“A negação persistente dessa informação para a Sra. Doe, uma vítima da agressão, prejudicou, e continua a dificultar, seus esforços para obter para seus filhos cuidados contínuos e atenção médica necessária, e prejudicou ainda mais as crianças no direito de família sistema”, diz um trecho da queixa anônima da atriz contra o FBI.

De acordo com o relatório do FBI, Pitt teria jogado cerveja em Jolie enquanto ela tentava dormir. No final da viagem, ele fez a família esperar 20 minutos para desembarcar pois não queria que ela levasse as crianças para um hotel na Califórnia, onde pretendia descansar. O ator teria empurrado Angelina mais uma vez e gritado: “Você não vai levar meus filhos”.

“Este autor forneceu cópias de ambas as AUSAs de uma declaração de causa provável relacionada a este incidente. Depois de analisar o documento, o representante da Procuradoria dos Estados Unidos discutiu os méritos desta investigação com o agente do caso. Foi acordado por todas as partes que as acusações criminais neste caso não seriam levadas a cabo devido a vários fatores”, disseram o procurador-adjunto dos Estados Unidos e o chefe-assistente da Divisão Criminal do país, que discutiram o caso no final de 2017 e decidiram não prosseguir com as acusações.

Não deixe de assistir:

Lembrando que Angelina Jolie pediu o divórcio seis dias após o episódio relatado ao FBI. Embora separados, os dois ainda batalham pela custódia dos filhos na justiça.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS