A franquia Invocação do Mal é uma das mais bem-sucedidas e adoradas do gênero terror sobrenatural e, além dos filmes principais, conta com uma pré-sequência focada na assustadora boneca conhecida como Annabelle.

Apesar do filme de 2014 não ter feito o sucesso prometido, o segundo longa-metragem, intitulado Annabelle 2: A Criação do Mal’, entraria como um dos melhores capítulos da saga, arquitetada sob uma história de origem arrepiante e bem convincente. Comandada por David F. Sandberg (‘Quando as Luzes se Apagam’), a história acompanha um criador de bonecas e sua esposa que, depois da trágica morte da filha, recebem em casa uma freira e várias meninas de um orfanato que foi fechado. Rapidamente, todos viram alvo de Annabelle, a boneca possuída e uma das criações do anfitrião.

Contando com nomes como Miranda OttoLulu WilsonGrace FultonTalitha BatemanAnthony LaPagliaStephanie Sigman, o longa teve recepção sólida por parte da crítica especializada e fez um estrondo de bilheteria, arrecadando mais de US$306 milhões mundialmente.

Neste mês, a obra completa cinco anos desde seu lançamento oficial nos cinemas e, para celebrar seu aniversário, montamos uma breve lista com algumas curiosidades de bastidores.


Confira:

Aproveite para assistir:



  • O filme estava associado com um controverso concurso de curtas-metragens de terror, em que a Warner Bros. teria os direitos legais da ideia do vencedor por três anos (e ter a opção de desenvolver um longa a partir dela), em troca de um mísero pagamento compensatório de apenas US$100, além da oportunidade de conhecer Sandberg caso ele estivesse disponível.
  • A casa principal também foi utilizada como a casa de Dolores (Evan Rachel Wood) na série ‘Westworld’.

  • Este é o primeiro filme da franquia Invocação do Mal em que Ed e Lorraine Warren, os ocultistas vividos por Patrick WilsonVera Farmiga, não são mencionados de qualquer maneira.
  • A princípio, Sandberg estava relutante em comandar o filme, visto que não gostava muito de sequências de terror. Ele mudou de ideia quando percebeu que faria uma pré-sequência solo, sem quaisquer obrigações de conectá-la às outras iterações além de breves referências.
  • Lou Lou Safran, que interpreta Tierney no filme, é a filha do produtor Peter Safran. Ela também apareceria na sequência Annabelle 3: De Volta para Casa’, mas como uma personagem diferente.


  • A música do trailer promocional é uma versão orquestral da música-tema de ‘Attic Panic’, curta também dirigido por Sandberg.
  • Por volta dos 37 minutos, quando a Irmã Charlotte (Sigman) mostra ao Sr. Mullins (LaPaglia) a foto que tem da Romênia, Valak, demônio antagonista de ‘A Freira’ (2018), pode ser visto na escuridão.
  • Originalmente, a Sra. Mullins (Otto) teria mais cenas no ato final do filme: depois de sua violenta morte, seu cadáver iria reanimar e se tornar a principal antagonista para o restante da história. Aliás, a Sra. Mullins iria ameaçar Linda (Wilson) enquanto estivesse no aparador e iria atacar as meninas no celeiro. Entretanto, nas refilmagens, o papel de Otto foi substituído por um demônio com chifres e pelo espantalho, respectivamente.

  • A máscara que a Sra. Mullins usa é muito parecida com a que vimos dentro do quarto dos objetos amaldiçoados dos Warren, em Invocação do Mal.
  • Há uma cena pós-créditos que mostra Valek flutuando em um corredor. Ela é interpretada por Bonnie Aarons, novamente em um papel não creditado.
Não deixe de assistir: