O CinePOP foi convidado a conhecer o Stanley Hotel, local mal-assombrado que inspirou Stephen King a escrever ‘O Iluminado‘…

Assista como foi nossa experiência traumatizante:

Em 1903, o inventor de carros a vapor Freelan Oscar Stanley foi atingido por um ressurgimento da tuberculose com risco de vida. O tratamento mais recomendado na época era respirar o ar fresco e seco de uma altitude considerável. Ele subiu nas Montanhas Rochosas da cidade de Estes Park, a 2500 metros acima do mar. 

Aproveite para assistir:



Em 1907, Stanley havia se recuperado completamente. Ele então decidiu transformar sua rústica casa nas montanhas em um Hotel, mesmo sabendo que o lugar havia sido construído em cima de um cemitério indígena.

Mesmo percebendo várias atividades paranormais no lugar, ele inaugurou o Stanley Hotel em 1910, na esperança de atrair consumidores milionários que buscavam um clima saudável. 

O Stanley Hotel abrigou as mais ricas personalidades da época, até que as atividades paranormais se intensificaram nos anos 70… e o local sofreu uma crise sem precedentes com a falta de hóspedes.

Se você procurar imagens do hotel na internet, encontrará inúmeras fotos com espíritos e entidades sinistras.

Foi em 1974 que o autor Stephen King ficou sabendo da tenebrosa história do hotel e decidiu se hospedar lá em plena temporada de inverno, quando o hotel fecha para hospedes.

Vale lembrar que o aguardado terror ‘Doutor Sono‘, sequência do clássico ‘O Iluminado‘, chega dia 7 de Novembro nos cinemas.

A crítica especializada conferiu a produção e as primeiras reações estão entre nós.

E segundo as impressões compartilhadas pela imprensa estrangeira, a continuação traz momentos horripilantes e excelentes caracterizações dos atores, prometendo ainda levar a audiência aos extremos de suas emoções.

Confira:

“Você pode acrescentar Doutor Sono na lista de filmes longos de 2019 que não se arrastam. Venham para ver a Rebecca Ferguson detonando como a vilã. Fique pela avassaladora estreia de Kyliegh Curran (e o gato fofinho)”.

 

Doutor Sono voa nas asas de duas tremendas performances: a das jovens Kyliegh Curran e Rebecca Ferguson, a última absolutamente aterrorizante como Rose, possivelmente a melhor coisa que ela já fez. Fãs do livro e do feroz original de Kubrick, vocês se divertirão muito”.

 

“Brilhante, perturbador, impressionante, inteligente, emocional, surpreendente, um deleite visual…Mas chega de falar de mim. Doutor Sono é incrível pessoal. Graficamente sangrento, com violência em partes e muito inquietante, mas tão bem feito. Eu consigo entender porque Stephen King e o time de Kubrick aprovam”.

 

Doutor Sono tem suas falhas, mas Mike Flanagan fez um bom trabalho em unir os, aparentemente, irreconciliáveis universos de O Iluminado de Stephen King e Stanley Kubrick. Em um ano em que tivemos as prestigiadas adaptações de Cemitério Maldito e IT: A Coisa – Capítulo 2, este é o meu filme favorito de King”.

 

Doutor Sono é um thriller bem produzido, bem bizarro e muitas vezes assustador, que habilmente recria momentos e sets de O Iluminado. O elenco é ótimo, especialmente Kyliegh Curran. Definitivamente dois joinhas para esse filme”.

 

“Eu realmente amei Doutor Sono. Mike Flanagan é um mestre e um dos grandes adaptadores do material de King. De algum jeito ele consegue fazer justiça ao livro de King e à adaptação de Kubrick de uma vez só. Assustador, empolgante e muito triste. Assistam o mais rápido possível”.

 

“Eu amei Doutor Sono, uma brilhante carta de amor ao original de Kubrick, sem medo de ser tanto emocionante e inteiramente reverente ao que veio antes. É igualmente nostálgica e determinada em seu próprio caminho, não diferente do de 2010, esta é a joia mais surpreendente de 2019”.

 

“O Doutor Sono de Mike Flanagan: Em um ano de grandes adaptações de Stephen King, este é de longe o meu favorito. McGregor entrega uma performance absolutamente fantástica e comovente como o assombrado Danny Torrance. Um incrível filme único, bem como uma excelente sequência de O Iluminado”.

 

Doutor Sono é outro terror repleto de traumas de Flanagan que me fez chorar feio em público. Compreensivelmente mexe um pouco no livro, mas mantém a essência de King bem aonde é necessário. Aonde se inscreve no culto da Rebecca Ferguson? Estou perguntando para um amigo”.

 

Dirigido por Mike Flanagan (‘Jogo Perigoso‘ e ‘A Maldição da Residência Hill‘), o longa é baseado no livro homônimo de Stephen King, além de ser uma sequência direta do filme ‘O Iluminado‘.

Na infância, Danny Torrance conseguiu sobreviver a uma tentativa de homicídio por parte do pai, um escritor perturbado por espíritos malignos, tornado-se um adulto igualmente traumatizado e alcoólatra. Sem residência fixa, ele se estabelece em uma pequena cidade, onde consegue um emprego no hospício local e cria um vínculo telepático com uma menina, paciente da instituição.

O elenco inclui Ewan McGregor, Rebecca FergusonJocelin DonahueZahn McClarnon, Emily Alyn Lind e Jacob Tremblay.

O longa será lançado nos cinemas nacionais no dia 7 de novembro.

Não deixe de assistir:


SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE