Muito provavelmente icônico vilão será o principal antagonista do vindouro filme de Matt Reeves

The Batman já entrou em um período quase tão importante quanto a pós-produção: a divulgação. E o novo trailer conquistou em cheio os fãs. Nessa fase diversos produtos relacionados ao filme são lançados e anunciados, com alguns deles fornecendo detalhes totalmente novos a respeito de elementos da narrativa como o batmóvel, o uniforme de Robert Pattinson e um dos possíveis visuais do Charada.

O vilão fez sua primeira aparição nas páginas da Detective Comics #140, em 1948, ainda no período em que o criador do Batman, Bill Finger, estava à frente das histórias. Logo nas primeiras páginas da revista já é apresentada uma história de origem para o criminoso, com ele tendo um desvio de caráter desde muito jovem (quando trapaceou em um desafio de quebra-cabeça na escola) e ao crescer se tornando um golpista que utiliza de charadas para aplicar golpes. 

Ainda assim sua motivação de superar intelectualmente o Homem-Morcego já se apresentava desde esse primeiro vislumbre. Mesmo que sua personalidade fosse muito mais voltada para a abordagem cômica, principalmente pelo público leitor da época ser formado em sua totalidade por crianças, a característica mais importante do Charada já estava estabelecida como sendo seu intelecto.



Potencialmente o principal antagonista do filme, o novo Charada promete entregar uma nova visão do vilão

Ao longo das décadas ele também se mostrou como um dos antagonistas mais adaptados da galeria do Batman, fazendo participações em animações como Super Amigos e Batman: A Série Animada; nos jogos da saga Arkham; no cinema em Batman Eternamente. Mesmo assim sua versão para o vindouro projeto de Matt Reeves promete ser diferente de tudo que já foi proposto para o vilão em qualquer mídia fora dos quadrinhos.

No único trailer liberado até o momento, o pouco material relacionado ao personagem indica sua inclinação para lutar, à sua maneira deturpada, contra a corrupção em Gotham. Em agosto de 2020 o portal CBR apontou para uma teoria de que Reeves teria se inspirado no Coringa de Heath Ledger ao desenvolver essa nova visão do Charada. O motivo da teoria repousa muito sobre como o vilão aparenta estar levando a cidade ao limite (colocando-a contra o Batman), utiliza de algum artifício para esconder seu rosto, modifica a voz e prepara armadilhas para o vigilante e Gordon.

Aproveite para assistir:

Essa percepção pode mudar após a divulgação recente de um calendário contendo imagens oficiais do filme, dentre elas uma do vilão. No que é possível perceber ele utiliza uma máscara que cobre completamente seu rosto, até mesmo a boca, acompanhada de um óculos de armação grossa.

A nova perspectiva estética levou à fomentação de que Matt Reeves e o departamento de figurino se inspiraram no visual do infame assassino do zodíaco. Entre dezembro de 1968 e outubro de 1969, quatorze pessoas foram vítimas de um homem mascarado ao longo do estado da Califórnia. A descrição da época apontava que o assassino utilizava uma vestimenta preta com o rosto coberto e óculos posicionados fora da máscara.



O possível visual do Assassino do Zodíaco tem muitas semelhanças com o do novo Charada

O que tornou o caso tão simbólico foi que parte do modus operandi do criminoso era enviar criptogramas para a polícia resolver. Alguns foram resolvidos, mas a maioria permanece sem solução, bem como a identidade do próprio zodíaco (nome esse dado por si mesmo em cartas enviadas para jornais).

As semelhanças entre o assassino e o Charada são visíveis mas também remetem a outro filme que pode ser outra inspiração fora do circuito de quadrinhos. Em Se7en – Os Sete Crimes Capitais é contada a história de uma dupla de policiais, um experiente e outro instável, que investiga uma série de homicídios que referenciam cada um dos sete pecados capitais. Todas as vítimas invariavelmente tem alguma ligação com esses pecados, provavelmente não muito diferente das vítimas que o Charada possa fazer.

Fato é que a futura versão do antagonista do Batman terá uma proposta bem mais violenta do que a de Jim Carrey ou das animações; possivelmente até para a versão dos games. Espera-se do filme como um todo uma abordagem inédita da mente do herói, principalmente do seu lado instável. Logo, não é errado ter a expectativa de que o Charada vai ser o catalisador violento que vai pôr Bruce Wayne frente a frente com sua outra personalidade.

 

Comentários

Não deixe de assistir: