O espião mais famoso da cultura POP, James Bond, agora possui uma nova casa. A aclamada franquia de ação passará a pertencer à Amazon, que oficializou a compra de um dos mais importantes estúdios de cinema, a MGM. O anúncio oficial foi feito pela revista Variety.

Segundo a publicação, a aquisição do quase centenário estúdio foi formalizada em US$ 8,45 bilhões. A MGM possui uma rica e longeva história na indústria cinematográfica, sendo uma das grandes pioneiras. E segundo o comunicado oficial, a fusão entre ambas as empresas trará um complemento ainda maior à Amazon Studio, que fundamentalmente tem focado os seus esforços na produção de séries originais.

Conforme o anúncio, a Amazon ajudará a “preservar o patrimônio e catálogo de filmes da MGM”, fornecendo aos seus clientes um maior acesso a essas obras existentes.

Para a Amazon, adquirir a MGM – que tem mais de 4.000 filmes e 17.000 programas de TV em seu catálogo – é uma maneira de turbinar seu serviço Prime Video, reunindo uma vasta coletânea de propriedade do entretenimento bem conhecidas e amadas ao redor do mundo.



Além disso, a Amazon espera poder expandir as principais propriedades da MGM, como A Pantera Cor-de-Rosa, Rocky e 007. A ideia é produzir novos títulos originais dessas e de outras aclamadas franquias.

Em meio ao anúncio do acordo, Mike Hopkins, vice-presidente sênior da Prime Video e Amazon Studios, celebrou a novidade, salientando a importância de expandir os preciosos filmes da MGM, também preservando-os:

Aproveite para assistir:

“O valor financeiro real por trás deste negócio é o tesouro de propriedade intelectual]= no profundo catálogo que planejamos reimaginar e desenvolver junto à talentosa equipe da MGM. É muito empolgante e nos oferece muitas oportunidades para narrativas de alta qualidade”. 

Vale lembrar que, ao todo, a MGM conquistou 180 Oscars e 100 estatuetas do Emmy Awards em em sua trajetória.



A compra da MGM por parte da Amazon ainda passará por trâmites legais e regulatórios até a sua genuína fusão.

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: