Com 120 estreias de produções nacionais e mais 26 milhões de ingressos vendidos, o cinema nacional bateu recorde em 2013.

Segundo a Agência Nacional de Cinema (Ancine), foi o maior número de ingressos vendidos desde a Retomada, que começou em 1995 com ‘Carlota Joaquina – A Princesa do Brasil‘, de Carla Camurati.

Neste ano, os filmes nacionais somaram uma arrecadação de R$ 270 milhões, três vezes o valor arrecadado em 2012 (R$ 157 milhões).


Fenômeno nacional, a comédia  ‘Minha Mãe É uma Peça – O Filme‘ foi o filme nacional mais visto, com R$ 49,4 milhões arrecadados. Somando as estreias internacionais, foi o quarto filme mais visto do ano.

Duas produções nacionais apareceram no ranking, um progresso em relação a 2012, que teve apenas ‘Até Que a Sorte Nos Separe’. Além de ‘Minha Mãe É uma Peça’,‘De Pernas Pro Ar 2′ entrou em 7º lugar com R$ 44 milhões.

Aproveite para assistir:

Com o sucesso, o diretor-presidente da Ancine, Manoel Rangel, e a ministra da Cultura, Marta Suplicy, anunciaram a criação de novas linhas de investimento do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA.

A operação, que contará com recursos da ordem de R$ 400 milhões, é uma ação sem precedentes na política pública para o setor audiovisual brasileiro. O montante disponibilizado equivale à soma dos valores oferecidos nas quatro convocatórias anteriores do fundo voltadas para a produção e comercialização de filmes e séries para a TV.

“Com esta medida daremos visibilidade e maior destaque à importância estratégica que este segmento da produção audiovisual brasileira sempre teve para o Fundo Setorial do Audiovisual e para a cinematografia brasileira”, afirmou Manoel Rangel.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE