Recentemente, a Netflix lançou em seu catálogo o documentário ‘Contornando a Morte‘, uma produção tailandesa que explora as crenças sobre vida após a morte através da criogenia.

A comovente produção apresenta relatos reais de um casal que decidiu preservar o cérebro da filha falecida aos dois anos, depois que ela enfrentou uma luta contra um câncer raro.

Com a ajuda de alguns cientistas, o casal submeteu o corpo da filha à uma câmara de congelamento resfriada por nitrogênio a quase -200ºC.

Tudo isso na esperança de trazê-la de volta no futuro, quando a medicina estiver avançada o suficiente para erradicar células cancerígenas e devolver a atividade cerebral a pessoas consideradas falecidas.

Eleito como o Melhor Documentário Internacional no Festival de Documentários Internacionais Hot Docs de 2019, ‘Contornando a Morte’ é produzido e dirigido por Pailin Wedel.

Aproveite para assistir:

Através de um comunicado, ela disse que:

“Foi uma jornada emocionante contar esta história e acompanhar a grande decisão da família e sua dedicação pela filha Einz. Poder testemunhar os momentos cruciais pelos quais a família passou foi um privilégio e uma experiência transformadora. A história deles me fez levantar questões fundamentais sobre a vida, fé e amor. Isso me tocou de várias maneiras. Estou entusiasmada por compartilhar essa experiência com os assinantes da Netflix em todo o mundo”

Assista ao trailer:


Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE