A época de fim de ano é uma delícia para quem curte assistir a novidades nos streamings. A plataforma da Netflix, por exemplo, dedica quase dois meses inteirinhos do ano para estrear as produções-conforto para o fim de ano: filmes e séries para todos os públicos se sentirem abraçados por boas histórias que deixam a sensação de bem-estar para as férias de fim de ano em família. E uma das apostas da gigante do streaming é o filme de animaçãoA Sabiá Sabiazinha’, recém-lançado na plataforma há uns dias.

Durante uma noite chuvosa e de muita ventania, um ovinho indefeso recebeu uma rajada de vento e caiu de seu ninho no alto da árvore. O ovinho foi rolando, rolando pelo mato e riacho adentro, até novamente cair e acabar sendo encontrado por uma família de ratinhos. O Papai Rato (na voz original de Adeel Akhtar) decide cuidar do ovinho junto com seus próprios filhos, até que o ovo choca e dele nasce uma Sabiazinha (na voz original de Bronte Carmichael). Juntos, Papai Rato e seus filhinhos irão criar e ensinar a Sabiazinha a ser e a se comportar como um ratinho: a entrar furtivamente na casa dos humanos no final do ano para pegar restos de comida e outros objetos. O problema é que a Sabiazinha é… bom… um sabiá, e, portanto, não consegue se mover como um rato, o que acaba causando muita confusão para essa pequena família de roedores.

Em apenas 32 minutos de duração, o média-metragem animado chama a atenção pela qualidade da produção e pela inocência infantil de sua história. Realizado pelo estúdio Aardman Animation (responsável pelos sucessos ‘Shaun, O Carneiro’ e ‘A Fuga das Galinhas’ – ambos indicados ao Oscar), ‘A Sabiá Sabiazinha’ é todo feito em stop-motion, acompanhando a técnica que é a assinatura do estúdio Aardman. Ou seja, o filme foi todo feito com massinha, bonecos e outros materiais para produzir os personagens e cenários, que foram sendo modificados milimetricamente a cada segundo e filmados ao mesmo tempo, de modo que, quando rolados em velocidade, os personagens se tornam animados e ganham movimentos.



Dirigido por Daniel Ojari e Michael Please, com roteiro dos mesmos, ‘A Sabiá Sabiazinha’ é um filminho bem infantil, com uma historinha fofa e dublagem em língua portuguesa que ajuda a tornar os personagens mais carismáticos, até mesmo a Gata vilã, que na versão original ganhou a voz de Gillian Anderson. O enredo é simples e poderia ter se limitado à aventurinha da passarinha, entretanto, o fato de inserirem uma pitada natalina ao tema engrandece a produção e a torna uma ótima opção para assistir com a garotada na espera do Papai Noel.

Aproveite para assistir:

Com uma pegada bem estilo história para ler na cama e desenvolvida tal como uma aventura da primeira infância – os primeiros passos, as inseguranças da criança – ‘A Sabiá Sabiazinha’ é um filminho ingênuo que oferece acolhimento à pimpolhada sem exigir muita concentração da garotada. Bem-feitinho e com uma história que serve à toda a família, é uma boa dica para entreter os pequenos.



COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: