A Netflix causou um verdadeiro alvoroço ao anunciar que os dois live-actions de Scooby-Doo entraram no catálogo do streaming. Muito criticados na época de lançamento, os filmes caíram no gosto da juventude da época – que era o público alvo – ao trazer versões mais… Bem, jovens dos personagens. Esse sucesso rendia muita audiência ao quando os filmes eram exibidos nas sessões de cinema da TV aberta. Pensando nessas memórias, a dica desse fim de semana são filmes nostálgicos – principalmente para a geração dos anos 1990/2000 – que marcaram as noites/ tardes da criançada. Confira!

 


Dennis, O Pimentinha (1993)

O filme de 1993 fazia sucesso com a criançada justamente por mostrar um menino pequeno que aprontava horrores com o coitado do Sr. Wilson, seu vizinho. Baseado em um desenho animado de mesmo nome, Dennis, O Pimentinha conta com nomes como Christopher Lloyd e Lea Thompson no elenco. É uma comédia bem divertida.

Aproveite para assistir:

Onde assistir: HBO GO

 

Rambo – Programado Para Matar (1982)

Sylvester Stallone é um dos atores de hollywood mais famosos no Brasil. Também pudera… A TV aberta simplesmente AMA passar os filmes dele. E muito provavelmente seu primeiro contato com o ator foi em uma das sessões de filme na TV aberta. Pois bem, um desses grandes sucessos foi Rambo – Programado Para Matar, um filme que traz Stallone como um herói de guerra e praticamente um exército de um homem só. Com violência tensa, mas dentro do padrão de “aceitável” para a televisão aberta dos anos 1990, o longa foi sucesso entre a criançada e os adultos.


Onde assistir: Telecine Play

 

O Máskara (1994)

Outro ator que vivia o auge nos anos 1990 era Jim Carrey. O humorista canadense emplacou sucesso atrás de sucesso e logo virou um dos nomes mais famosos do mundo. Em O Máskara, ele vive Stanley Ipkiss, um cidadão comum e patético que encontra uma máscara nórdica e vira o Máskara, um anti-herói infernal que quer tocar o terror para se divertir sem limites.


Onde assistir: Netflix

 

O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel (2001)

Fenômeno nos cinemas, o primeiro capítulo da saga de J.R.R. Tolkien arrastava multidões para a frente da TV quando tinha sua exibição anunciada. Dirigido por Peter Jackson e estrelado por Elijah Wood, o longa conta a história do Hobbit Frodo Bolseiro, que parte em uma missão de vida ou morte com o mago Gandalf para salvar a Terra Média.


Onde assistir: Netflix

 

Space Jam: O Jogo do Século (1996)


Se você acompanha o CinePOP, provavelmente já me viu rasgando elogios a essa obra de arte do cinema despretensioso por aqui. E se hoje em dia eu sou apaixonado por esse filme, pode colocar a culpa na TV aberta. Reunindo os maiores astros dos anos 1990 (os Looney Tunes e a lenda do basquete Michael Jordan), exibir Space Jam era garantia de audiência. Justamente por ser um filme curto e despretensioso, ele atraía muito a criançada para a frente da TV. A trama mostra o Looney Tunes sendo sequestrados por aliens, mas eles conseguem uma chance de voltarem a ser livres caso vençam os ETs em um jogo de basquete. Para isso, o alienígenas roubam o talento dos astros da NBA e os Looney Tunes sequestram Michael Jordan para ajudá-los. Sério, tem como não gostar?

Onde assitir: Netflix

 

Free Willy (1993)

Clássico do cinema pipoca, Free Willy mostra a linda história de amizade entre Jesse, um menino brigão, e Willy, uma orca do Sea World. Conforme o menino vai se apegando à Orca, ele começa a planejar uma forma de tirá-la do tanque para devolvê-la ao mar. Muito fofo e marcante dos anos 1990, o filme era sinônimo de sucesso quando passava na TV.


Onde assistir: Globoplay

 

Harry Potter e a Pedra Filosofal (2001)

Dirigido por Chris Columbus, o primeiro filme da saga do segundo bruxo mais famoso do mundo (o primeiro é o Ronaldinho Gaúcho) virava assunto nos colégios do Brasil inteiro quando era exibido à noite. Era quase que um trunfo da emissora colocar esse filme quando queria competir em número de audiência com as rivais. Na trama, Harry Potter é um bruxo famoso, mas não sabem nem que é bruxo nem que é famoso. Então, quando ele faz aniversário, ele é apresentado ao mundo mágico e sai da casa de seus tios abusivos.

Onde assistir: Telecineplay

 

Gremlins (1984)

Provavelmente seu primeiro contato com os filmes de terror veio por conta desse filme ou do próximo filme da lista. Gremlins é uma história muito criativa, que traz uma criatura fofa que não pode ser molhada, exposta à luz forte e nem alimentada após a meia-noite. Mas obviamente o tapado do protagonista quebra as três regras e acaba infestando sua cidade com diabinhos donos de um senso de humor peculiar e uma sede por morte e destruição.

Onde assistir: HBO GO

 

Christine: O Carro Assassino (1983)

Baseado na história de Stephen King e dirigido pelo mestre do terror, John Carpenter, Christine: O Carro Assassino é uma obra-prima do terror. A trama é tipo a de Herbie, só que do mal. Arnie é um menino excluído e vítima de bullying, que começa a ter sua personalidade mudada quando compra um carro com habilidades especiais. Mais confiante, ele vira assunto entre os amigos, que passam a andar com ele. O problema é que o carro fica com ciúmes de Arnie e começa a tomar atitudes criminosas para ter a atenção do dono.

Onde assistir: HBO GO

 

À Espera de Um Milagre (1999)

Baseado no livro de Stephen King, o filme é estrelado por Tom Hanks e Michael C. Duncan, que faz a atuação de sua carreira neste filme. Na trama, ele é um condenado à morte que não parece ser o verdadeiro culpado do crime pelo qual foi acusado e julgado. Com jeitão infantil e poderes mágicos, ele muda completamente a rotina do Corredor da Morte. Enquanto aguarda o dia de sua execução, ele interage com os condenados e cria uma amizade improvável com um policial (Hanks). Cheio de mistérios, surpresas e extremamente TRISTE, À Espera de Um Milagre também sempre foi um daqueles filmes que, mesmo com mais de 3h de duração, todo mundo para pra assistir.

Onde assistir: Netflix

 

 

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE