Filho de um filho professor universitário e uma coreógrafa, Nicolas Cage nasceu em Long Beach (Califórnia). Sua mãe estava grávida de gêmeos mas o irmão de Nicolas, Jonathan, morreu logo após o parto. Já com 12 anos começou a estudar teatro, agora na cidade de São Francisco. Seu nome artístico foi inspirado em um personagem de histórias em quadrinhos, Luke Cage, personagem da Marvel, do qual é fã. Em falar em super-heróis, essa é uma verdadeira obsessão na vida do também colecionador Cage, que entre suas loucuras chegou a comprar o primeiro exemplar original de Superman por uma bela quantia. Inclusive, um de seus filhos chama-se: Kal-El (o nome original do emblemático personagem criado pela dupla Joe Shuster e Jerry Siegel). Ele quase realizou o sonho de ser o famoso super-herói nos cinemas, em 1996, o ator assinou um contrato de 20 milhões de Dólares e ia ser dirigido por Tim Burton mas o projeto acabou sendo cancelado pela Warner com quase tudo pronto para o começo das filmagens. Detalhe: ele recebeu os 20 milhões mesmo sem atuar!

Cage é sobrinho do grande cineasta Francis Ford Coppola mas sempre tentou seguir uma carreira longe dos holofotes do tio famoso (mesmo tendo trabalhado com ele em alguns filmes mas negado sua participação em outros, como em O Poderoso Chefão III). Talvez por isso ele demorou bastante tempo para se tornar uma estrela. Estreou nos cinemas no início da década de 80, no filme Picardias Estudantis mas ficou muito chateado porque a maioria de suas cenas foi cortada o que acabou gerando uma certa desilusão e ele abandonou por um tempo a carreira e foi vender pipoca em uma cinema que existe até hoje, o Fairfax Theater. Mas logo voltou atrás e começou a aparecer para a indústria cinematográfica em excelentes filmes como: Peggy Sue, Birdy, Feitiço da Lua, Arizona Nunca Mais, entre outros.

(Photo by Vince Bucci/Getty Images)

O início da década de 90 marcou a virada na sua carreira rumo ao estrelato: logo no início com o enorme sucesso no ganhador da Palma de Ouro em Cannes, Coração Selvagem, de David Lynch. Seu primeiro e único Oscar veio anos mais tarde por sua intensa e impactante atuação no filme Despedida em Las Vegas de Mike Figgis. Nessa década de super produções em sua carreira, como esquecer de um dos grandes filmes de ação da história do cinema A Outra Face, de John Woo? Ainda teve: Con Air, A Rocha, Cidade dos Anjos…muito filme bom! No início dos anos 2000, muitas polêmicas começaram a serem divulgadas sobre sua vida pessoal mas profissionalmente sua carreira trazia ao público cinéfilo filmes maravilhosos como: Olhos de Serpente, O Senhor da Guerra, Adaptação, Vivendo no Limite, entre outros. Nos últimos anos Cage vem realizando muitos filmes, alguns terríveis, mas nunca deixou de ser um ator muito rentável em todo o mundo.



Uma coisa que sempre chamou a atenção é sua faceta excêntrica fora das câmeras, seus métodos para entender alguns de seus peculiares personagens e fatos curiosos que acompanham sua trajetória. Entre as bizarrices que ele achou necessário para incorporar papéis: já chegou a comer uma barata viva para entender a essência de seu personagem Peter Loew em O Beijo do Vampiro, de Robert Bierman; logo no início de carreira extraiu dois dentes sem anestesia para entrar no seu denso personagem de Birdy, e, talvez, a história mais famosa quando filmou-se bêbado para criar o protagonista de Despedida em Las Vegas. Ele sempre teve muitos amigos e inclusive foi um dos responsáveis por levar Johnny Depp para às telonas, na época que se conheceram Depp era apenas um guitarrista tentando sucesso na Flórida mas após jogarem Banco Imobiliário (isso mesmo que leram!) Cage percebeu que ele tinha talento e mandou-o procurar seu agente. E só pra dar mais uma informação sobre Cage e seus gostos, ele tem animais de estimações não muito vistos em muitas casas pelo mundo: um polvo, um tubarão, um crocodilo e duas cobras.

Aproveite para assistir:

Gostando ou não desse personagem fascinante da história do cinema mundial, não há como negar que quando ele quer chega num nível de atuação que poucos artistas conseguem em seus melhores momentos. Os próximos trabalhos de Cage prometem, com destaque para O Insuportável Peso do Enorme Talento, filme no qual o sobrinho de Copolla interpretará uma versão ficcional dele mesmo. Como dica desse talento estrondoso que possui, nesse início de 2022 chegou ao streaming aqui no Brasil, seu mais recente trabalho, o sensacional Pig. Não deixem de conferir!



E vocês leitores?! O que acham desse ator? Quais filmes mais curtem dele? Escrevam aqui nos nossos comentários!

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: