Desde que a Disney comprou a Fox, os fãs do ‘X-Men‘ estão aguardando por atualizações sobre a introdução dos mutantes no MCU.

E até mesmo Elizabeth Olsen está ansiosa para saber o que será dos personagens no futuro.

Em entrevista para o CinemaBlend, a intérprete de Wanda Maximoff, que é uma mutante nos quadrinhos, disse que adoraria fazer parte dos filmes da equipe.

Questionada sobre sua expectativa para a chegada dos mutantes, ela disse:

“Não sei nada sobre isso, mas você acabou de me deixar entusiasmada. Eu realmente não sei o que vou fazer depois de ‘Doutor Estranho no Multiverso da Loucura’. Eu gostaria de saber o que os fãs querem e quais são as ideias. Mas eu acho que se trouxermos os ‘X-Men’ em breve, eu quero estar lá!”

Por mais animada que a atriz esteja com a perspectiva de retornar como parte dos ‘X-Men‘, ela acrescentou que:

Aproveite para assistir:



“Ainda não tenho planos reais para retornar ao MCU. Estou muito animada para conversar com Kevin [Feige] sobre isso em algum momento.”

No cinema, a origem dos poderes de Wanda é bem diferente dos quadrinhos, já que ela e seu irmão Pietro foram frutos de experimentos comas Joias do Infinito em ‘Vingadores: Era de Ultron‘.

Agora só nos resta aguardar para saber se ela será revelada como uma mutante no futuro.

Enquanto isso, vale lembrar que ‘Doutor Estranho no Multiverso da Loucura‘ arrecadou impressionantes US$ 450 milhões em sua estreia global, representando a segunda maior estreia para um filme de Hollywood desde o início da pandemia. Além disso, também representa a quarta maior estreia da história para um filme da Marvel, atrás apenas de ‘Vingadores: Ultimato‘, ‘Vingadores: Guerra Infinita‘ e ‘Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa‘.

Em geral, a sequência registrou a sexta maior estreia mundial da história do cinema. A produção também quebrou o recorde de arrecadação em IMAX no mês de maio, com US$ 33 milhões.

Internacionalmente, o longa arrecadou US$ 265 milhões através de 49 mercados. Nos EUA, a Disney reportou uma arrecadação de US$ 185 milhões – mas as estimativas indicam que os valores podem ser reajustados para cima, podendo alcançar em torno de US$ 194-197 milhões.

Assista à nossa crítica e siga o CinePOP no YouTube:

Não deixe de assistir: