Após diversas polêmicas envolvendo representação LGBTQ+ nos cinemas, ‘Eternos‘ terá será reeditado para ser exibido nos países do Oriente Médio, incluindo Egito, Líbano, Jordânia e Emirados Árabes.

Será lançada uma versão editada do filme que irá remover todas as cenas de intimidade – sejam elas heterossexuais ou homossexuais. Essa é uma prática normal nesses mercados.

Nesses países, é proibido qualquer cena que envolva beijos ou intimidade física.

Já em Catar e Kuwait, o longa foi banido. Segundo o site, o problema não veio apenas da cena de beijo gay, mas porque esses mercados tem problemas históricos com a representação de deuses e profetas, que é algo que eles consideram blasfêmia.



Assista nossa entrevista com a Angelina Jolie:

Aproveite para assistir:

Crítica | Eternos é o filme mais artístico, complexo e fora da caixinha da Marvel… pelo bem ou pelo mal!

Lembrando que o longa-metragem já está em exibição nos cinemas nacionais.




Eternos‘ segue a jornada de seres quase imortais, produtos da divergência evolucionária que deu origem à raça humana milênios atrás. Os personagens se relacionam com diversos conceitos já introduzidos nos filmes anteriores do universo, desde os Celestiais (que deram as caras em ‘Guardiões da Galáxia‘) até Thanos, cuja própria mãe foi uma de suas vítimas.

O elenco conta também com Salma Hayek (Ajak), Kumail Nanjiani (Kingo), Lauren Ridloff (Makkari), Brian Tyree Henry (Phastos), Lia McHugh (Sprite), Gemma Chan (Sersi), Kit Harington (Cavaleiro Negro), Barry Kheogan (Druig) e Richard Madden (Ikaris).

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: