Game Of Thrones – Temp. 04 – Ep. 05

Game Of Thrones – Temp. 04 – Ep. 05


MAIS UM CANDIDATO À DEGOLA

 

Mais um descabeçado assume o trono de ferro. O ep. 5 de Game Of Thrones – GoT começou com a coroação de Tommem Lannister (Callum Wharry). Ele será um títere. E muitos já disputam o controle das suas cordas. Se Tywin Lannister (Charles Dance) foi o primeiro a se movimentar, o ep. 5 destacou a quebra de braços entre Cersei Lannister (Lena Headey) e Margaery Tyrell (Natalie Dormer). Apesar da brancura das duas, o diálogo teve tudo, menos pureza. Foi um delicioso embate de forças, coisa que só duas mulheres sedentas pelo poder poderiam produzir; cinismo e veneno em uma combinação explosiva. É difícil saber qual delas será vitoriosa no final; se Cersei ganha na violência, Margaery é mais sorrateira!

E Cersei revelou mais uma vez seu lado materno. Em conversa com Oberyn Martell (Pedro Pascal), ela pergunta por sua filha Myrcella (Aimee Richardson), que, em temporadas passadas, casou-se com um Martell para selar a amizade entre os clãs. No diálogo, confirmamos a humanidade de Oberyn e nos lembramos de que dentro de Cersei também bate um coração!

 



Também vale registrar a conversa entre Tywin e Cersei. Tywin deixou clara a situação financeira da coroa, com uma dívida oceânica com o Banco de Ferro de Bravos. No próximo ep., as Cidades Livres serão, definitivamente, introduzidas na série.

Game Of Thrones_Ep 5_T04_imagem 2

Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) vem perdendo o terreno na Baia dos Escravos. Diante dessa realidade, ela toma a decisão fundamental de começar a governar. Seu destino na série está diretamente ligado a essa decisão.

Também apareceram, brevemente, Arya Stark (Maisie Williams) e o Cão de Caça (Rory McCann)e Brienne (Gwendoline Christie) e Podrick Payne (Daniel Portman). O Cão, basicamente, deu uma lição sobre defesa pessoal para Arya. Mais interessante foi Brienne e Podrick. Suas cenas transitaram entre o levemente cômico e o sensível. As piadas vinham da falta de experiência de Podrick como escudeiro. Brienne se demonstrou irritada com as limitações dele, mas, ao saber o que ele fez para Tyrion, ela deixa de lado sua dureza e começa a dar uma chance ao pequeno escudeiro. Essa breve cena expõe a destreza dos roteiristas de GoT em unir brutalidade, ironia e sensibilidade.

Quem mereceu maior destaque foi Lord Baelish (Aidan Gillen), cujas intenções tornam-se mais obscuras. Ele levou Sansa Stark (Sophie Turner) para o ninho de sua tia, Lysa Tully (Kate Dickie). Em breve fala, Lysa deixou claro que enganou sua irmã Catelyn Stark (Michelle Fairley) ao dizer que os Lannister teriam sido os responsáveis pela morte de seu marido e mão-do-rei, Robert Arryn. Ela também ajudou na morte de Joffrey. E está apaixonada por Baelish. Em temporadas passadas, cujas cenas foram reprisadas antes do ep. 5, Tywin ordenou que  Baelish seduzisse Lysa.

Game Of Thrones_Ep 5_T04_imagem 4

Qual o lado de Baelish? Ele pode estar com Tully apenas para cumprir a ordem de Tywin. Ou, pode estar contra os Lannisters, o que daria mais sentido para a história do veneno contada por Lysa. O mais provável é que Baelish seja como alguns dos partidos políticos brasileiros, e acenda uma vela pra Deus e outra pro Diabo. Fato que sua importância ganhou outra dimensão nesta narrativa.

E para não dizer que não falei de flores, juro que pensei que Sansa teria um tempo de paz. Que nada! Sua tia será outro inferno em sua vida.

Ao Norte, a Patrulha da Noite atacou a Fortaleza de Craster. Foi uma sequência de alta qualidade, demonstrando a competência da direção em construir uma poderosa mise-en-scène, sem se descuidar da emoção. Durante a sequência, descobrimos que Locke (Noah Taylor) não era gente boa, e somente queria matar Bran Stark (Isaac Hempstead Wright). Bran matou Locke com as mãos de Hodor (Kristian Nairn)... Por breve instante, esperei por um encontro entre Bran e Jon Snow (Kit Harington). Que nada! R. R. Martin, já disse, é sádico! Bran e sua trupe seguiram para o norte.

A série terminou com uma imagem poderosa, o incêndio da Fortaleza de Craster. A temperatura continuará alta no próximo ep., quando veremos o julgamento de Tyrion (Peter Dinklage).





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c