Segundo o Radio Free Asia, um homem foi alegadamente sentenciado à morte na Coreia do Norte por contrabandear cópias de Round 6, série de maior sucesso da Netflix, ao país.

As informações indicam que as autoridades conseguiram encontrá-lo após encontrar estudantes de um colégio assistindo à produção. O show foi levado ilegalmente ao país pela China através de um pen-drive. Apesar de não estar disponível na China, a série permanece popular graças a sites piratas.

O contrabandista foi condenado à morte por fuzilamento, enquanto os estudantes envolvidos podem ser presos.

“Um estudante que comprou um pen-drive recebeu prisão perpétua, enquanto seis outros que assistiram ao show foram sentenciados a cinco anos de trabalho forçado, e os professores e os administradores da escola foram despedidos e banidos para trabalhar em minas remotas”, aponta o site.



Para quem ainda não assistiu a ‘Round 6, a trama mostra um grupo de pessoas com dívidas milionárias em busca de um prêmio que mudará suas vidas se toparem participar de um misterioso jogo divido em seis fases.

Ao longo das tarefas, 456 participantes de todas as esferas da vida são trancados em um local secreto onde jogam para ganhar 45,6 bilhões de won.

Aproveite para assistir:

Cada jogo é uma tradicional brincadeira infantil coreana, mas a consequência de perder é a morte. Quem será o vencedor e qual é o propósito deste jogo?

Confira a nossa crítica da série:



COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: