Apesar de contar com vasto elenco, adaptação dos livros excluiu figuras importantes

* Contém spoiler os livros

No último dia 17 de abril, a já clássica série Game of Thrones completou dez anos desde a estreia do episódio piloto. No curso de oito temporadas o público experienciou uma montanha russa de sensações. De momentos históricos da televisão como a Batalha dos Bastardos, à outros pífios como o capítulo final, a adaptação televisiva dos livros de George R.R. Martin escreveu seu nome e se tornou recordista de indicações ao Emmy pela HBO (um canal que por si só tem um histórico invejável na premiação).

Para sustentar tamanha ambição a série contou com um enorme elenco de protagonistas e coadjuvantes no decorrer dos anos que vinham e iam embora com a mesma facilidade. Ainda assim o material fonte, As Crônicas de Gelo & Fogo, como qualquer épico literário também apresenta uma variedade incrível de figuras importantes. Algumas delas, porém, não foram adaptadas às telas e assim muitos pontos da história foram retrabalhados para funcionar sem eles. Sendo assim seguem cinco personagens ilustres excluídos da série Game of Thrones.



5) Lady Stoneheart

O Casamento Vermelho foi um momento especialmente traumático para público e os personagens. A traição sofrida pelo Rei do Norte, Robb Stark, vinda de Walder Frey mudou o rumo da Guerra dos Cinco Reis e praticamente eliminou o perigo nortenho no horizonte dos Lannister (à época ainda liderados por Tywin). O massacre ocorrido no salão dos Frey não ceifou apenas a vida de Robb mas também de diversos vassalos, seu lobo de estimação e de sua mãe.

Lady Stoneheart era muito esperada na série

A questão é que Caitlin Stark não permaneceu morta, como bem descobriram alguns de seus assassinos, mas retornou como uma figura morta-viva. Seu impacto na trama dos livros ainda está para ser dimensionado, além de já suscitar diversas discussões de leitores sobre sua ligação com os Outros. Porém sua aparição tão aguardada na série foi colocada para escanteio, decepcionando diversos espectadores.

4) Arianne Martell

Considerado por muitos leitores como o núcleo mais interessante dos livros pós Tormenta das Espadas, os Martell de Dorne se mostraram como verdadeiros jogadores na guerra pelo poder de Westeros. Munidos por uma vingança histórica que remete à morte da princesa Elia Martell (esposa de Rhaegar quando os Targaryen foram destronados), a família liderada pelo príncipe Doran está movimentando as peças para que não só eles consigam obter a vingança sobre os Lannister, como também recolocar os Targaryen no trono de ferro.

Os Martell, especialmente Arianne, são verdadeiramente implacáveis

No seriado eles de fato fizeram sua participação, ainda que nem próximo do que são nos livros. Ainda assim, muitos leitores notaram a ausência da princesa Arianne Martell, uma vez que ela desempenha um papel chave na problemática estadia da princesa Myrcella Baratheon. Altamente ardilosa e sedutora, Arianne visa vingar as mortes de seus irmãos Oberyn e Ellia a todo custo.



3) Victarion Greyjoy

Outro núcleo que ganha muito desenvolvimento no decorrer dos livros é o da família Greyjoy. Inicialmente apontados como piratas que falharam em tomar o norte dos Stark, os nascidos de ferro se mostram eventualmente como mais do que isso; sendo um povo com sua própria cultura, religião e política. Esta inicialmente controlada por Balon Greyjoy (pai de Theon e Asha), mas que após a morte deste passa para as mãos do imprevisível Euron. 

A disputa interna dos Greyjoy promete abalar Westeros nos livros

Além dele, há outras duas figuras importantes nas Ilhas de Ferro: seus irmãos Aeron e Victarion. Enquanto que o primeiro é o sacerdote do Deus Afogado (a divindade cultuada nas ilhas), Victarion é o comandante da frota, além de um dos candidatos a assumir o comando após a morte de Balon. Após a derrota para Euron lhe é confiada a missão de escoltar Daenerys de volta para Westeros a fim de entregá-la a Euron.

2) Moqorro

O mundo criado por George Martin se assemelha ao real não só pela complexidade da política em todos os níveis, mas pela variedade de crenças. Ainda que infelizmente a série tenha simplificado muito a questão da religião ao limitar os personagens com mais fé a apenas Melissandre e Thoros de Myr, nos livros existe a presença do sacerdote Moqorro.

Aproveite para assistir:



Moqorro é mais um representante de R’hllor com habilidades únicas

Sua primeira aparição foi em Dança dos Dragões aonde ele encontra com Jorah e Tyrion no leste de Essos durante sua jornada para chegar à Daenerys. Eventualmente seu caminho o leva para Victarion e é ali que ele demonstra poder realizar milagres (uma característica aparentemente comum aos seguidores do Senhor da Luz). É esperado que sua presença seja fundamental para o desenvolvimento futuro dos planos dos Greyjoy.

1) Jovem Griff

Talvez nenhum personagem produza tanta ansiedade e raiva, por ter sido cortado da série, nos leitores quanto o Jovem Griff. Autodeclarado como Aegon VI, o filho legítimo do príncipe Rhaegar com Elia Martell que sobreviveu após a deposição dos Targaryen, Griff navega junto a alguns poucos seguidores rumo a Westeros para reclamar a pretensão ao trono em um momento que sua tia, Daenerys, também vai com três dragões e o poder dos Lannister está bastante reduzido.

Jovem Griff (à esquerda) irá reclamar o Trono de Ferro à fogo e sangue

Apesar de ter aparecido apenas em Dança dos Dragões, algumas características de Griff já foram expostas tais como ele ter sido preparado desde tenra idade para ser um rei justo e sábio, de modo que ele possa vir a ser o primeiro monarca realmente merecedor do trono após décadas de corrupção e derramamento de sangue. Porém nada é o que parece e Griff já teve sua oportunidade de demonstrar a Tyrion que ele pode não ter tanto controle emocional quanto é dito, gerando assim indagações sobre como sua presença pode lançar Westeros em uma nova guerra.

 



Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva