São poucas as pessoas que não conhecem o nome Julie Andrews – e não é por menos: a atriz, detentora da honraria da Ordem Britânica por serviços prestados à comunidade, ganhou o Oscar de Melhor Atriz por sua incrível e memorável performance em Mary Poppins (a única que alcançou tal feito protagonizando um filme da Walt Disney Studios).

Além da icônica babá encantada, Andrews também interpretou Maria von Trapp no musical ‘A Noviça Rebelde’, que lhe garantiu um prêmio do Globo de Ouro de Melhor Atriz, e a Rainha Clarisse Renaldi na mini-franquia O Diário da Princesa, que a reintroduziu para a nova geração e permitiu que os espectadores mais jovens redescobrissem sua prolífica carreira.

Além de um BAFTA, dois Emmy Awards, três Grammy Awards e outras cinco estatuetas do Globo de Ouro, Andrews continua como uma das artistas mais importantes e reconhecidas da história do cinema. Em seu 86º aniversário, a atriz continua mais ativa do que nunca e, para celebrar sua carreira, separamos uma lista com 7 filmes estrelados pela performer – e onde conferi-los nas plataformas de streaming.

MARY POPPINS (1964)



Onde assistir: Disney+

O filme que garantiu a Andrews a estatueta do Oscar é um dos clássicos mais aclamados de todos os tempos. A história é centrada em Mary Poppins, uma babá encantada praticamente perfeita de todas as maneiras que chega voando à casa da família Banks para ajudar a “colocar ordem” nas desestruturadas e afastadas pessoas que lá moram. O longa funciona como uma mensagem de otimismo e de esperança que, resumidamente, declara que tudo fica melhor com uma colher cheia de açúcar.

Aproveite para assistir:

A NOVIÇA REBELDE (1965)

Onde assistir: Disney+



No final da década de 1930, na Áustria, quando o pesadelo nazista estava prestes a se instaurar no país, uma noviça (Andrews) que vive em um convento mas não consegue seguir as rígidas normas de conduta das religiosas, vai trabalhar como governanta na casa do capitão Von Trapp (Christopher Plummer), que tem sete filhos, viúvo e os educa como se fizessem parte de um regimento. Sua chegada modifica drasticamente o padrão da família, trazendo alegria novamente ao lar da família Von Trapp e conquistando o carinho e o respeito das crianças. Mas ela termina se apaixonando pelo capitão, que está comprometido com uma rica baronesa.

POSITIVAMENTE MILLIE (1967)

Onde assistir: Google Play

Nova York, 1922. Millie Dillmount (Julie Andrews) chega na cidade e muda o visual para parecer bem moderna. Ela então se hospeda no Priscilla, um hotel para jovens solteiras que é administrado pela Sra. Meers (Beatrice Lillie). que aparentemente é uma pessoa bem bondosa. Na verdade a Sra. Meers opera um outro negócio muito mais lucrativo, pois sequestra entre suas hóspedes aquelas que não tem ninguém no mundo, ou seja, aquelas as quais a falta não será sentida, e as vende como escravas brancas. Millie tem uma meta arrumar um emprego como secretária e casar-se com seu chefe, que tem de ser alguém sem nenhum compromisso. Porém o plano falha e sua vida vira de cabeça para baixo.

MULHER NOTA 10 (1979)

Onde assistir: Google Play

George Webber (Dudley Moore) é um compositor de sucesso, que vê Jenny Hanley (Bo Derek), uma noiva, a caminho da igreja. Ela o deixa totalmente obcecado, sendo que deste instante em diante estar com ela passa a ser a meta da sua vida, apesar de ter uma sólida relação com Samantha Taylor (Andrews), uma renomada cantora e atriz. Esta busca vai lhe provocar uma estranha reação.

VICTOR OU VICTÓRIA? (1982)

Onde assistir: HBO Max



Victor ou Victória?’ garantiu a Andrews mais uma indicação ao Oscar e outra ao César, além de ter colocado uma nova estatueta do Globo de Ouro em sua estante. No longa-metragem, a atriz dá vida a Victoria Grant, uma cantora lírica desempregada que conhece Carroll Todd, um cantor homossexual que foi recentemente demitido. Juntos, eles articulam um plano em que ela se faz passar por um homem, o Conde Victor Grezhinski, que é um transformista, com o intuito de conseguir um emprego. Mas, o problema aparece quando ela se apaixona por King Marchand, um gângster, sendo que caso ela se declare para ele, se assumirá como uma farsa.

O DIÁRIO DA PRINCESA (2001, 2004)

Onde assistir: Disney+

A icônica produção da Casa Mouse foi responsável por introduzir Andrews a uma geração que ainda não a conhecia – permitindo que os espectadores visitassem sua carreira e descobrissem os memoráveis papéis que encarnou desde sua estreia nos cinemas. Em O Diário da Princesa, a atriz vive a Rainha Clarisse Renauldi, governante de Genóvia, e divide os holofotes com a estreante Anne Hathaway no papel de Mia Thermopolis, uma desengonçada jovem que é herdeira do trono e deve aprender como conciliar a vida real e a vida como uma adolescente do ensino médio. Andrews reprisa seu papel na continuação, lançada em 2004 e disponível também no Disney+

SHREK (2004, 2007, 2010)


Onde assistir: Netflix

Depois de ter vivido a Rainha Clarisse em O Diário da Princesa, Andrews voltaria a interpretar um membro da família real – mas da maneira mais inesperada possível. A atriz aceitou participar da aclamada sequência de Shrek’ como a Rainha Lillian, mãe de Fiona (Cameron Diaz) que prova ser uma bad-ass disposta a tudo para defender seu reino e aqueles que ama. Ela reprisaria o papel no terceiro e no quarto filmes (apesar de neste último não ter tanto protagonismo).

Comentários

Não deixe de assistir: