Desde que iniciou sua carreira cinematográfica, Ludi Lin deu vida a alguns heróis de destaque do cinema, como o Ranger Preto em ‘Power Rangers – O Filme‘ (2017) e o icônico Liu Kang no remake de ‘Mortal Kombat‘ (2021).

No entanto, ele foi introduzido como vilão na série Kung Fu, exibida pela CW.

No episódio mais recente da série, intitulado ‘Isolation‘, Lin deu vida a Kerwin Tan, aparentemente apenas um bilionário arrogante, mas que esconde segredos que podem tornar a vida de Nicky (Olivia Liang) um verdadeiro inferno.

Durante uma entrevista para o Comic Book, Lin foi questionado sobre o que lhe atraiu para o papel, ao que ele respondeu:



“Como ator, acho que há um desafio em nos aperfeiçoarmos e eu adoro um desafio. Quando fiz o teste, me disseram que esse personagem precisava ser ‘impossivelmente’ carismático, e a palavra ‘impossível’ é realmente empolgante para mim. Então embarquei no desafio.”

Ele também disse que já era um fã da série original e ficou entusiasmado em fazer parte do elenco.

Aproveite para assistir:

“Eu já acompanhava a série original há um bom tempo. Acho que esse remake é uma maneira fascinante de reinventar a história. Eu pnsei: ‘Se houver um lugar para mim nesta coisa, estou aberto a experimentar, estou aberto a cometer erros. Eu apenas achei que esta seria uma ótima oportunidade de fazer algo diferente do que venho fazendo desde que comecei a atuar e seria divertido arriscar.”

Por enquanto, Tan ainda permanece como um pérsonagem sem muito destaque em ‘Kung Fu, mas Lin prometeu que o público vai se surpreender com sua transformação ao longo da temporada.



Lembrando que o próximo episódio da série vai ao ar em 30 de junho.

Por falar nisso, a CW renovou oficialmente a atração para a 2ª temporada.

A primeira temporada tem registrado uma média de 1.22 milhão de espectadores, com 0.19 na demo. O resultado representa a terceira melhor audiência do canal, atrás apenas de ‘Walker‘ e ‘Superman & Lois‘.

“Estamos muito orgulhosos de continuar compartilhando as histórias de Nicky Shen e Courtney Whitmore, duas mulheres fortes e poderosas no centro desta nova geração de séries de sucesso da CW,” afirmou Mark Pedowitz, presidente da CW, em uma declaração. “Embora cada uma possua um talento notável em ambos os lados da câmera, ‘Kung Fu’ e ‘Stargirl’ não só ofereceram aos fãs uma ação visualmente deslumbrante, mas também tocaram nossos corações ao se aprofundar na dinâmica familiar e nos relacionamentos pessoais de seus personagens, e estamos muito animados para ver o que acontecerá a seguir.”

Criada por Christina M. Kim (‘Lost’), a produção é um reboot do seriado homônimo estrelado por David Carradine, que foi exibida entre 1972-75. A nova versão, no entanto, é estrelada por uma mulher.

“Uma crise de identidade faz com que uma jovem chinesa-americana (Liang) abandone a faculdade e faça uma jornada que mudará sua vida, em um mosteiro isolado na China. Mas ao voltar para casa, ela vai encontrar sua cidade natal invadida por crimes e corrupção e decidirá usar suas habilidades em artes marciais e os valores de Shaolin para proteger sua comunidade e levar criminosos à justiça… à medida que também procura o assassino que matou o seu mentor Shaolin e que agora está atrás dela”.



O elenco da série conta com Olivia Liang, Tony Chung, Ludi Lin, Tzi Ma, Kheng Hua Tan, Jon Prasida, Gavin Stenhouse, Shannon Dang, Gwendoline Yeo e Eddie Liu.

Comentários

Não deixe de assistir: