'Lucifer': Fox explica cancelamento da série

'Lucifer': Fox explica cancelamento da série


Após a Netflix ter resgatado a série Lucifer’, em meio ao repentino cancelamento da produção, a Fox decidiu falar sobre sua surpreendente decisão de encerrar o programa de maneira tão repentina.

A CEO da Fox, Dana Walden, falou abertamente sobre o assunto pela primeira vez, justificando o cancelamento devido à baixa audiência que a série obteve na TV.

Disse:

“Foi uma alegria poder trabalhar com essa bela equipe no seriado. Funcionou muito bem para nós, mas quando estávamos avaliando o futuro da produção, percebemos que a audiência está consideravelmente menor. Não teríamos um resultado econômico bom, até porque a série não era barata. Então decidimos que não valia a pena dar sequência”.



 

Em entrevista ao TVLine, o criador da série 'Lucifer', Joe Henderson, disse que a mudança da Fox para a Netflix o permitirá fazer coisas que não seria possível na TV aberta, com a possibilidade de mais nudez, violência e até palavrões.

"[Em uma cena] Lucifer aparece pelado. Nós queríamos mostrar sua bunda. Porém, não podíamos." Depois de notar que Tom Ellis tem uma "bunda espetacular", Henderson disse: "Nós podemos mostrar coisas assim sem problemas [na Netflix], mas não tanto que você não poderia assistir com sua filha adolescente."

Sobre a violência na série, Henderson completa, "Nosso sangue pode ser um pouco mais real, nosso terror pode ser um pouco mais tenebroso. Continuará com a mesma linguagem de antes, mas nós iremos abraçar os pequenos detalhes que podem fazer uma grande diferença."

A quarta temporada de ‘Lucifer’ na Netflix terá apenas 10 episódios.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c