Em entrevista ao Bloody Disgusting, o diretor Osgood Perkins explicou o motivo da casa na adaptação sombria de Maria e João: O Conto das Bruxas‘ não ser feita de doce, como no conto original.

“[A adaptação] é uma combinação de querer ser progressivo, conversador e visionário. O objetivo é trazer algo novo [para a história]. Por outro lado, acredito que expandir a história original é a única forma de honrá-la. Há muitos easter eggs de ‘O Mágico de Oz’ [nessa adaptação], que provavelmente é uma espécie de ancestral desse filme. Em certo momento, nos estágios iniciais do planejamento, o formato de triângulo ficou claro na minha cabeça. Senti que o formato é uma representação do oculto.”

Ele continua, “Senti uma representação da relação entre os três personagens do material de origem, que são os protagonistas da história. Tudo se alinhou nesse conceito e as coisas ficaram muito claras… e triangulares.”

O terror será lançado nos cinemas nacionais no dia 20 de fevereiro.


‘Maria e João’ é dirigido por Osgood Perkins (‘A Enviada do Mal‘).

Desta vez, as migalhas nos guiarão por um caminho muito mais sombrio e perturbador. Durante um período de escassez, Maria (Sophia Lillis) e seu irmão mais novo, João (Sammy Leakey), saem de casa e partem para a floresta em busca de comida e sobrevivência. É quando encontram uma senhora (Alice Krige), cujas intenções podem não ser tão inocentes quanto parecem, que eles descobrem que nem todo conto de fadas tem final feliz.

O elenco inclui Sophia Lillis, Sammy Leakey, Charles Babalola e Alice Krige.

Aproveite para assistir:

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE