De acordo com o Deadline, Adam Driver (‘Casa Gucci’) vai estrelar o novo filme de Francis Ford Copolla, intituladoMegalopolis’.

Driver entra no lugar de Oscar Isaac (‘Cavaleiro da Lua’), que abandonou o projeto por conta de conflitos de agenda.

Driver se junta a Forest Whitaker (‘O Último Rei da Escócia’), Nathalie Emmanuel (‘Game of Thrones’), Jon Voight (‘Ray Donovan’) e Laurence Fishburne (‘Matrix’), que também foram escalados recentemente.



O longa marcará o reencontro entre Copolla e Fishburne, que fez sua estreia no cinema em ‘Apocalypse Now, lançado em 1979.

Por enquanto, não há detalhes sobre os personagens de nenhum deles.

Aproveite para assistir:

Rumores também apontaram que Jessica Chastain, Cate Blanchett, Christian Bale, Zendaya, Michelle Pfeiffer, Jessica Lange e James Caan estavam em negociações para se juntar ao elenco.

No entanto, não está claro se eles ainda estão sendo cotados.



Descrito como projeto dos sonhos de Coppola, ‘Megalopolis‘ está em desenvolvimento há mais de 20 anos e o cineasta revelou ao portal que espera rodar o longa a partir do segundo semestre de 2022.

A expectativa é que ele gaste US$ 100 milhões do seu próprio bolso para financiar a produção

Além disso, Coppola deu detalhes a respeito da narrativa:



“O conceito do filme é um épico romano. Esta história se passa em uma nova Roma, um épico romano ambientado nos tempos modernos. O período definido não é um ano específico na Nova York moderna, é uma impressão da Nova York moderna, que eu chamo de Nova Roma”.

Coppola ainda refletiu sobre o viés criativo do longa, que seguirá uma vertente distinta do que temos visto em Hollywood recentemente.

“A ideia de ‘Megalopolis é contar uma história que reflita seu otimismo em relação ao potencial que a humanidade tem, mesmo quando o mundo se torna mais fraturado. Acredito que este filme que quero fazer é uma mudança empolgante em relação aos tipos de filmes oferecidos ao público. Principalmente porque transmite uma mensagem fundamental de que é hora de considerarmos que a sociedade em que vivemos não é a única alternativa à nossa disposição”. 

O diretor está procurando investidores para ajudar a financiar o projeto, que está sendo desenvolvido há mais de duas décadas. Mas caso não encontre as pessoas certas para se envolver, Coppola está disposto a pagar o filme do seu próprio bolso.



Vale lembrar que ele cineasta fez uma fortuna impressionante com o seu próprio negócio de vinhos, recentemente adquirido pela empresa Delicato.

Não deixe de assistir: