sábado, julho 20, 2024

‘Megalópolis’: Como funciona o acordo entre a Lionsgate e o lançamento do novo filme de Coppola?

A Lionsgate revelou neste último dia 17 de junho que ficaria responsável por distribuir o ambicioso longa-metragem ‘Megalópolis’, de Francis Ford Coppola, nos Estados Unidos.

Todavia, diversas pessoas começaram a se perguntar se o acordo fechado colocaria a Lionsgate como credora principal da campanha de marketing do longa-metragem.

Segundo o THR, a companhia não irá pagar pela campanha em questão. Em vez disso, Coppola irá financiá-la do próprio bolso. A Lionsgate, por sua vez, irá exibir a produção em mais de 1500 telas, cuja requisição inclui entre US$15 e US$20 milhões em marketing.

A trama do filme acompanha a reconstrução de uma metrópole após sua destruição acidental, com duas visões concorrentes – a de um arquiteto idealista (Adam Driver) e a de um prefeito pragmático (Giancarlo Esposito) – entrando em conflito durante o processo. O filme tem uma duração de duas horas e 15 minutos e apresenta abundantes referências à Roma Antiga, incluindo cortes de cabelo estilo César nos personagens masculinos.

‘Megalopolis’, fez sua estreia mundial no Festival de Cinema de Cannes – e parece que se tornou um dos filmes mais divisivos do ano.

No Rotten Tomatoes, a produção amargou 52% de aprovação com base em 27 reviews até o momento. As avaliações variam entre elogios entusiasmados à “loucura genial” do filme até críticas que o definem como “caótico”, “desconcertante” e “a coisa mais louca já vista”.

Confira alguns comentários!

“É meio Batman, meio Gladiador, meio ‘Tomorrowland’, misturado com um amontoado de ideias e imagens, e o público de Cannes não sabia o que fazer com isso”, disse Sharon Waxman do The Wrap.

“Estou completamente sem palavras com Megalópole. Se Coppola está feliz com isso, então acho que é algo? Saí totalmente desconcertado e desnorteado com ele. Como um filme de 120 milhões pode parecer tão barato? Sinceramente, não sei como devo revisar esse filme, porque nem tenho certeza se poderia dizer qual é o enredo. Sinto que preciso de uma semana para digerir antes de tentar discutir isso. Diria que Audrey Plaza torna tudo mais suportável por causa de sua marca já incorporada de estranheza – estou completamente aqui pelos memes!”, disse Luke Hearfield.

“Megalópolis de Francis Ford Coppola é um sonho febril caótico e psicodélico que faz as histórias do set serem indiscutíveis. Adoro ver diretores seguindo uma ideia, mas o resultado, neste caso, é um filme tão além da compreensão que nem mesmo pode ser desvendado”, acrescentou Billie Melissa.

Não deixe de assistir:

“Megalópolis é a coisa mais louca que já vi”, declarou Bilge Ebiri.

“A primeira hora de Megalópolis foi um desastre, um desastre cativante, mas ainda podre. Então, a segunda hora chegou; eu realmente me envolvi. Muitas coisas não funcionam no projeto de paixão de Francis Ford Coppola, mas sua linguagem visual é afiada. E há uma cena envolvendo uma mistura que é incrível”, acrescentou Robert Daniels.

“Megalópolis: a extravagância é uma característica, não um defeito! Um retrato grandioso, épico e completamente singular de 120 milhões de dólares, que também é uma fábula sobre a queda da antiga Roma e um apelo para salvar nossa civilização (e seu cinema) de si mesma. Sou grande fã”, disse David Ehrlich.

“Sempre é emocionante ver um cineasta operando em uma escala ambiciosa e arriscando tudo, mas não posso deixar de sentir que Megalópolis, ousado e bombástico como é, ficou um pouco aquém de sua promessa: um debate sobre nosso futuro e o do próprio meio”, declarou Leonardo Goi.

 

Assista ao trailer:

Megalópolis

As informações indicam que, apenas na França, o longa-metragem será distribuído pela companhia Le Pacte, responsável pela divulgação de ‘Anatomia de uma Queda’.

Entretanto, nos Estados Unidos, a situação segue muito diferente: há especulações de que a Netflix não tomará os direitos do projeto e que a Amazon Studios e a Apple TV+ estão em uma “guerra” para conseguir colocar as mãos no filme.

Vale lembrar que ‘Megalópolis’ fará sua estreia oficial na 77ª edição do Festival de Cannes, mais especificamente no dia 17 de maio.

A trama do filme acompanha a reconstrução de uma metrópole após sua destruição acidental, com duas visões concorrentes – a de um arquiteto idealista (Adam Driver) e a de um prefeito pragmático (Giancarlo Esposito) – entrando em conflito durante o processo. O filme tem uma duração de duas horas e 15 minutos e apresenta abundantes referências à Roma Antiga, incluindo cortes de cabelo estilo César nos personagens masculinos.

Durante a primeira exibição do projeto a investidores, embora alguns tenham elogiado o filme, outros foram menos generosos em suas avaliações, sugerindo que seu potencial de retorno financeiro pode ser limitado: “não é bom, e foi muito triste assistir. Qualquer pessoa que coloque P&A atrás disso, vai perder dinheiro. Assim não é como Coppola deveria terminar sua carreira de diretor.”

Confira outras reações ao filme:

“Tendo visto MEGALÓPOLIS podemos confirmar que nunca houve, ou haverá, um diretor tão louco quanto Francis Ford Coppola. Que privilégio estar no mesmo planeta que ele.”

O Puck revelou que reações no cinema foram principalmente de perplexidade geral. Um participante disse a ele que o filme não tinha “nenhuma perspectiva comercial” e que é “inabalável em quão maluco ele é”. O filme foi descrito como uma mistura de “Metropolis e Calígula”. O final também é “desconcertante”.

O filme, que é um completo mistério, terá um elenco repleto de estrelas como Giancarlo Esposito (‘Once Upon a Time’), Forest Whitaker (‘O Último Rei da Escócia’), Nathalie Emmanuel (‘Game of Thrones’), Jon Voight (‘Ray Donovan’), Laurence Fishburne (‘Matrix’), Aubrey Plaza (‘The White Lotus’), Shia LaBeouf (‘Transformers’), Talia Shire (‘O Poderoso Chefão’), Jason Schwartzman (‘A Crônica Francesa’), Grace VanderWaal (‘A Extraordinária Garota Chamada Estrela’), Kathryn Hunter (‘A Tragédia de Macbeth’) e James Remar (‘Era Uma Vez… Em Hollywood’).

Mais notícias...

Thiago Nollahttps://www.editoraviseu.com.br/a-pedra-negra-prod.html
Em contato com as artes em geral desde muito cedo, Thiago Nolla é jornalista, escritor e drag queen nas horas vagas. Trabalha com cultura pop desde 2015 e é uma enciclopédia ambulante sobre divas pop (principalmente sobre suas musas, Lady Gaga e Beyoncé). Ele também é apaixonado por vinho, literatura e jogar conversa fora.

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS