Segundo o The Hollywood Reporter, a Blumhouse e o realizador Ryan Murphy estão se reunindo para adaptar o conto ‘Mr. Harrigan’s Phone’ para a Netflix.

John Lee Hancock entra como diretor e roteirista da produção, que é baseada no conto homônimo do mestre do terror Stephen King.

A história faz parte do novo compilado antológico de King, If It Bleeds. A trama gira em torno de um adolescente chamado Craig, que é recrutado para fazer alguns trabalhos para o Sr. Harrigan, um excêntrico e velho bilionário que se mudou para a pequena cidade onde o jovem mora.

O enredo tem início durante o lançamento do primeiro iPhone. Craig consegue comprar um depois de ganhar uma promoção numa raspadinha dada por Harrigan. Craig mostra o celular para o velho e ele fica fascinado pela tecnologia, prevendo que esse acesso gratuito às informações do aparelho terão consequências. Craig acaba comprando um dos celulares para Harrigan, o qual aceita com relutância e, eventualmente, fica obcecado.

Quando Harrigan morre, Craig consegue pegar o celular de volta antes que o corpo seja enterrado. Pouco depois, o rapaz descobre que consegue conversar com o falecido senhor – e mais: ele consegue responder. Mas esse relacionamento do além-túmulo passa de uma simples conversa. Craig descobre que ele consegue enviar o fantasma de Harrigan para o mundo, para procurar vingança contra aqueles que o maltrataram.

Aproveite para assistir:

Nenhuma outra informação foi divulgada.

If It Bleeds foi lançado em 21 de abril e logo se tornou uma das obras mais aclamadas de King.

Na história que dá título ao livro, Holly Gibney (de Mr. Mercedes e The Outsider) deve enfrentar os seus medos e, possivelmente, outro forasteiro – dessa vez, sozinha. Em “Mr. Harrigan’s Phone”, uma amizade através de gerações tem um pós-vida perturbador. “The Life of Chuck” explora como cada um de nós contém multitudes. E, em “Rat”, um autor deve se entender com o lado sombrio da sua ambição.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE