‘O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio’ dará prejuízo de mais de US$ 120 milhões

Apesar das críticas positivas, O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio fracassou feio nas bilheterias e se tornou um dos maiores fracassos de 2019.

O longa arrecadou apenas US$ 29 milhões em seu fim de semana de estreia nos EUA, e soma apenas US$ 235 milhões no MUNDO TODO após TRÊS semanas em cartaz.

Segundo com o Indie Wire, a sequência custou US$ 185 milhões, e o orçamento gasto com marketing estava na faixa de US$ 80/100 milhões, então o filme precisa arrecadar pelo menos US$ 450 milhões para sair no lucro.

Analistas afirmam que ‘Destino Sombrio‘ deve encerrar sua jornada nas bilheterias com apenas US$ 70 milhões nos EUA, e entre US$ 180 e 200 milhões pelo mundo. No total, o filme deve fazer no máximo US$ 270 milhões mundialmente.

Totalizando, a Paramount deve sair com um prejuízo em torno de US$ 120 milhões se a sequência continuar fracassando.

Para comparação, ‘O Exterminador do Futuro: Gênesis‘ teve abertura doméstica de US$ 27 milhões, em 2015, e encerrou sua jornada nas bilheterias mundiais com US$ 440 milhões em caixa.

Aproveite para assistir:

Lembrando que o estúdio já acumulou um prejuízo de US$ 60 milhões pelo fracasso de ‘Projeto Gemini’, que foi orçado em US$ 140 milhões e arrecadou apenas US$ 160 milhões em um mês de exibição.

O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio já está em exibição nos cinemas nacionais.

O filme ignora os eventos de ‘Exterminador do Futuro 3‘ e todas as outras sequências que vieram depois, reiniciando a linha do tempo após ‘O Julgamento Final‘.

A duração será 128 minutos.

Detalhes sobre a trama estão sendo mantidos em segredo, mas o roteiro vai ignorar as últimas sequências e continuar a partir do segundo filme, com uma nova cronologia. Espera-se, também, que este seja o início de uma nova trilogia.

O elenco conta com Linda Hamilton, Mackenzie Davis, Natalia Reyes, Gabriel Luna, Arnold Schwarzenegger, Edward Furlong e Diego Boneta.