O Sindicado dos Diretores de Hollywood (DGA) elegeu os filmes mais bem dirigidos da história do cinema.

O primeiro lugar ficou com o amado ‘O Poderoso Chefão‘, dirigido por Francis Ford Coppola em 1972. Baseado no livro homônimo escrito por Mario Puzo, o filme é estrelado por Marlon Brando, Al Pacino, James Caan, Robert Duvall e Diane Keaton, e conta a história da família mafiosa Corleone, de 1945 até 1955.

A também elogiada sequência aparece em sexto lugar.

A lista é bem eclética, misturando clássicos como ‘O Mágico de Oz’, de 1939, com filmes mais modernos como ‘Um Sonho de Liberdade‘ (1994) e ‘Pulp Fiction – Tempos de Violência‘ (1994).

Conheça os filmes mais bem dirigidos de todos os tempos:

• 1 – O Poderoso Chefão, de Francis Ford Coppola (1972)
• 2 – Cidadão Kane, de Orson Welles (1941)
• 3 – Lawrence da Arábia, de David Lean (1962)
• 4 – 2001: Uma Odisseia no Espaço, de Stanley Kubrick (1968)
• 5 – Casablanca, de Michael Curtiz (1942)
• 6 – O Poderoso Chefão II, de Francis Ford Coppola (1974)
• 7 – Apocalypse Now, de Francis Ford Coppola (1979)
• 8 – A Lista de Schindler, de Steven Spielberg (1993)
• 9 – … E o Vento Levou, de Victor Fleming (1939)
• 10 – Os Bons Companheiros, de Martin Scorsese (1990)
• 11 – Chinatown, de Roman Polanski (1974)
• 12 – O Mágico de Oz, de Victor Fleming (1939)
• 13 – Touro Indomável, de Martin Scorsese (1980)
• 14 – Tubarão, de Steven Spielberg (1975)
• 15 – A Felicidade Não Se Compra, de Frank Capra (1946)
• 16 – Dr. Fantástico, de Stanley Kubrick (1964)
• 17 – Um Sonho de Liberdade, de Frank Darabont (1994)
• 18 – A Primeira Noite de um Homem, de Mike Nichols (1967)
• 19 – Star Wars: Episódio IV – Uma Nova Esperança, de George Lucas (1967)
• 20 – Blade Runner, de Ridley Scott (1982)
• 21 – Sindicato de Ladrões, de Elia Kazan (1954)
• 22 – Pulp Fiction – Tempo de Violência, de Quentin Tarantino (1994)
• 23 – ET – O Extraterrestre, de Steven Spielberg (1982)
• 24 – Noivo Neurótico, Noiva Nervosa, de Woody Allen (1977)
• 25 – O Resgate do Soldado Ryan, de Steven Spielberg (1998)
• 26 – Os Sete Samurais, de Akira Kurosawa (1954)
• 27 – Laranja Mecânica, de Stanley Kubrick (1971)
• 28 – Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida, de Steven Spielberg (1981)
• 29 – Um Corpo que Cai, de Alfred Hitchcock (1958)
• 30 – Crepúsculo dos Deuses, de Billy Wilder (1950)
• 31 – O Sol é Para Todos, de Robert Mulligan (1962)
• 32 – Psicose, de Alfred Hitchcock (1960)
• 33 – Rastros de Ódio, de John Ford (1956)
• 34 – Forrest Gump: O Contador de Histórias, de Robert Zemeckis (1994)
• 35 – Cantando na Chuva, de Stanley Donen, Gene Kelly (1952)
• 36 – Oito e meio, de Federico Fellini (1963)
• 37 – O Terceiro Homem, de Carol Reed (1949)
• 38 – Os Melhores Anos de Nossa Vida, de William Wyler (1946)
• 39 – Janela Indiscreta, de Alfred Hitchcock (1954)
• 40 – A Ponte do Rio Kwai, de David Lean (1957)
• 41 – Intriga Internacional, de Alfred Hitchcock (1959)
• 42 – Um Estranho no Ninho, de Miloš Forman (1975)
• 43 – A Noviça Rebelde, de Robert Wise (1965)
• 44 – Taxi Driver, de Martin Scorsese (1976)
• 45 – Titanic, de James Cameron (1997)
• 46 – O Iluminado, de Stanley Kubrick (1980)
• 47 – Amadeus, de Miloš Forman (1984)
• 48 – Doutor Jivago, de David Lean (1965)
• 49 – Amor, Sublime Amor, de Jerome Robbins e Robert Wise (1961)
• 50 – Quando Mais Quente Melhor, de Billy Wilder (1959)
• 51 – Ben-Hur, de William Wyler (1959)
• 52 – Fargo, de Ethan Coen e Joel Coen (1996)
• 53 – O Silêncio dos Inocentes, de Jonathan Demme (1991)
• 54 – Se Meu Apartamento Falasse, de Billy Wilder (1960)
• 55 – Avatar, de James Cameron (2009)
• 56 – Guerra ao Terror, de Kathryn Bigelow (2008)
• 57 – O Tesouro de Sierra Madre, de John Huston (1948)
• 58 – Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância), de Alejandro G. Iñárritu (2014)
• 59 – A Malvada, de Joseph L. Mankiewicz (1950)
• 60 – O Franco-Atirador, de Michael Cimino (1978)

15 Séries da Netflix Para Maratonar

15 Séries da Globoplay Para Você Maratonar

15 Séries da Amazon Prime Para Maratonar neste mês

10 reality shows insanos pra você que amou The Circle e Casamento às Cegas

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE