Nos últimos meses tivemos poucos filmes de horror, com destaque para um ou outro da A24 ou Blumhouse, porém, quando falamos de filmes de terror clássico do jeito que a gente gosta, nos vem a cabeça imediatamente os filmes slasher.

Já fizemos uma matéria aqui listando os mais violentos e importantes longas do gênero, e como eles influenciaram vários outros que surgiram ao longo dos anos.

Dessa vez, pegando carona no Vecna de ‘Stranger Things’, preparamos aqui uma lista com dez filmaços do estilo para você curtir e ver a noite com amigos ou agarradinho com seu par.

Citamos tanto os clássicos conhecidos, como produções mais recentes da vertente. Obviamente, não poderíamos deixar de fora ‘Pânico’, nossa amada franquia que em breve ganhará o seu sexto capítulo nos cinemas.


Enfim, temos além de figuras clássicas como Jason Voorhees, Freddy Krueger e Michael Myers, títulos recentes que vão de ‘A Morte Te Dá Parabéns’ a ‘Maligno’.

Claro, não deixe de fazer a sua lista, fala se já viu todos esses citados e qual é o seu favorito. Aliás, ainda curte novos filmes do estilo, está gostando do rumo que as novas franquias estão tomando? Sem mais delongas, vamos a nossa lista.

Aproveite para assistir:



Halloween: A Noite do Terror (1978) – Netflix | Amazon Prime Video



HalloweenA Noite do Terror‘ se tornou uma consequência das obras que vieram anteriormente, sendo a base essencial do subgênero slasher. Filmes como ‘O Massacre da Serra Elétrica‘ e ‘Noite do Terror‘ – ambos de 1974 – já haviam passeado pela narrativa do assassino atormentado, mas sem oferecer as bases sólidas, presentes no trabalho de Carpenter.

Outros títulos com propostas parecidas surgiram, tendo como principal mudança a figura do assassino, mas oucos deles conseguiram atingir a eficiência desta excelente obra do mestre do horror John Carpenter.

Sexta-Feira 13 (1980) – HBO Max

Sim, mesmo não sendo lá uma obra-prima, ‘Sexta-Feira 13’ é lembrado até hoje como um dos melhores filmes da franquia do Jason, senão o melhor. Porém, mais importante que isso, é que o longa foi fundamental para impulsionar o cinema de terror no fim do século XX – tanto sob o aspecto financeiro, já que o gênero proporciona um dos maiores retornos sobre investimentos para os produtores, quanto sob o cultural.


Jason e seus filmes cativaram uma nova geração de espectadores atraídos por algo que poucas outras produções entregaram tão bem, muita diversão e entretenimento de primeira.

A Hora do Pesadelo (1984) – YouTube | Apple TV (para compra)

O clássico ‘A Hora do Pesadelo’ flerta com os vários aspectos de seu desfecho que permite interpretações diversas. Diferente de Jason, Michael ou qualquer outro assassino slasher, Freddy ataca as pessoas em seus pesadelos, algo mais difícil de escapar, pois tal como sabemos, não podemos comandar todos os aspectos desse ambiente onírico.

O filme é um conjunto de conflitos estabelecidos diante de situações que muitas vezes fogem do nosso controle, matéria-prima básica para o desenvolvimento dramático que nos envolve e faz refletir e temer. Nada é mais aterrorizante que mexer naquilo que é mais tranquilo: o sono.


Pânico 5 (2022) – YouTube | Apple TV | Amazon (para compra)

Como disse o nosso redator chefe Renato Marafon, ‘Pânico 5‘ é o segundo melhor filme da franquia, ficando logo atrás do primeiro. Entrega tudo que promete e mais um pouco, recheado de ação, mortes chocantes, com um humor peculiar e reviravoltas de cair o queixo.

É o filme que a série ‘Pânico’ precisava para ressuscitar, acertando no tom e trazendo um novo grupo de jovens astros que com certeza serão muito apetitosos para o Ghostface retornar nos próximos filmes. O próximo parece ousar ainda mais e trafegar por águas ainda mais agitadas.

Maligno (2021) – HBO Max


O grande mérito de ‘Maligno’ está na sacada absolutamente fora da curva que o longa apresenta. A ideia que foge do trivial surgiu de um caso real trazido pela atriz Ingrid Bisu, esposa de Wan, que numa conversa com o marido comentou a respeito do fato em questão e deixou o sujeito maluco.

Bisu, que também assina o argumento, acalentou essa história e retrabalhou no roteiro junto a Akela Cooper e o próprio Wan. O trio concebeu um filme original, aterrorizante e engenhoso. Esperamos então que essa troca possa se repetir, pois a sequência de ‘Maligno’ parece bem provável.

A Morte Te Dá Parabéns (2017) – Amazon Prime Video


A Morte Te Dá Parabéns‘ é um filme que traz uma excelente tirada final que nos faz terminar a projeção com um enorme sorriso no rosto, e se beneficia de sua total falta de ambições ou desejo por criatividade para se ater a uma execução coerente e espirituosa, cheia de personalidade própria e um nível de entretenimento que já o coloca no patamar dos melhores entretenimentos recentes desse gênero.

Assim como ‘Feitiço do Tempo‘, esse tipo de filme é tão bom quanto seus personagens. O roteiro brinca com o gênero e diverte, mas o longa está longe de ser imprevisível. A busca pelo assassino deixa pistas do tamanho de gatos e os mais atentos logo irão descobrir o assassino. Mas tudo se desenvolve com tanto bom humor que isso nem incomodara.


A Lenda de Candyman (2021) – Amazon Prime Video

Em ‘A Lenda de Candyman‘, em um bairro pobre de Chicago, a lenda de um espírito assassino conhecido como Candyman assolou a população anos atrás, aterrorizando os moradores do complexo habitacional de Cabini Green. Agora, o local foi renovado e é lar de cidadãos de alta classe. O artista visual Anthony McCoy e sua namorada, diretora da galeria, Brianna Cartwright, se mudam para Cabrini, onde Anthony encontra uma nova fonte de inspiração. Mas quando o espírito retorna, os novos habitantes também serão obrigados a enfrentar a ira de Candyman.

No filme temos a junção de aspectos estéticos bem-sucedidos, em prol da qualidade audiovisual do filme que traz um desfecho emocionante, construído para fazer suar frio na plateia. Um retorno mais que digno, intenso, cuidadosamente estruturado.

À Prova de Morte (2007) – Globoplay

Ao cair da noite, Jungle Julia, a DJ mais sexy de Austin, pode enfim se divertir com as suas duas melhores amigas. As três garotas saem noite adentro, atraindo a atenção de todos os frequentadores masculinos dos bares e boates do Texas. Mas nem toda a atenção é inocente. Cobrindo de perto seus movimentos está Stuntman Mike (Kurt Russell), um rebelde inquieto e temperamental que se esconde atrás do volante do seu carro indestrutível.

Sim, ‘À Prova de Morte‘ é a comprovação de que, nas mãos de um diretor que conhece a fundo a técnica e a história do Cinema, até mesmo um exercício de estilo sem grandes ambições pode representar uma experiência apaixonante para quem gosta de cinema e sobretudo os filmes slasher.

Rua do Medo: Trilogia (2021) – Netflix


A trilogia ‘Rua do Medo‘ da Netflix é baseada na premiada obra homônima de R. L. Stine (‘Fear Street’), grande coleção de clássicos dos anos 90 que já ultrapassou 50 livros e faz grande sucesso entre o público infanto-juvenil. A história específica que foi adaptada para as telas não existe exatamente nos livros; ou seja, a história contada nos filmes não é uma história original do escritor.

A diretora e co-roteirista Leigh Janiak, juntamente com a equipe de roteiristas da trilogia, Kyle Killen, Phil Graziadei, Zak Olkewicz e Kate Trefry, se inspiraram na vasta coleção de livros de Stine e nas histórias sobre a mitologia para servir de base para a criação de uma história original e escrever o roteiro, dividido em 3 Partes.

Hush: A Morte Ouve (2016) – Netflix

Indo de encontro aos filmes recentes que se contêm com o objetivo de garantir um gancho para uma sequência, ‘Hush – A Morte Ouve’ aposta todas as suas fichas e nos conduz em uma batalha final agonizante. Ambas as partes são levadas ao limite, assim como os espectadores, que ficam na expectativa do desfecho até o minuto do confronto.

Não apenas é um ótimo longa do estilo, como também é um enorme exercício de suspense. Maddie certamente mostrou ser um desafio à altura, e já figura na lista das melhores final girls dos últimos anos. ‘Hush’ apresenta uma premissa simples, mas nos conquista ao conduzi-la de uma forma inteligente.

Não deixe de assistir: