Cruella se tornou um dos filmes favoritos do ano passado e, depois de ter feito a limpa nas principais premiações de 2022, fechou a temporada com chave de ouro ao conquistar uma estatueta do Oscar.

O longa foi condecorado com o prêmio de Melhor Figurino, dado à icônica Jenny Beavan.

Lembrando que o filme já está disponível no Disney+.

Cruella‘ apresenta a história da lendária e mais icônica – e notoriamente fashion – vilã da Disney, Cruella de Vil. Ambientado na Londres dos anos 70 em meio à revolução do punk rock, o filme mostra uma jovem vigarista chamada Estella, uma garota inteligente e criativa determinada a fazer um nome para si através de seus designs. Ela faz amizade com uma dupla de jovens ladrões e, juntos, constroem uma vida para si nas ruas de Londres. Um dia, o talento de Estella para a moda chama a atenção da Baronesa Von Hellman, uma lenda fashion que é devastadoramente chique e assustadora. Mas o relacionamento delas desencadeia um curso de eventos e revelações que farão com que Estella abrace seu lado rebelde e se torne a Cruella má, elegante e voltada para a vingança.


Ao assinar o Disney+, os novos assinantes terão acesso aos conteúdos disponibilizados na plataforma e terão uma ótima opção de entretenimento para que toda a família se divirta durante o período de férias escolares.

Aproveite para assistir:



Em entrevista EXCLUSIVA ao CinePOP, os atores Joel Fry e Paul Walter Hauser  comentaram sobre a oportunidade de fazer parte da nova versão da vilã, que já fora vivida nos cinemas pela atriz Glenn Close e compartilharam a insana ideia que possuem para a possível sequência da produção.

Assista:


Paul Walter Hauser, Joel FryEmily BeechamKirby Howell-Baptiste completam o elenco.

Craig Gillespie, do remake de ‘A Hora do Espanto‘, assume a direção, a partir de um roteiro assinado por Tony McNamara (‘A Favorita‘).


Não deixe de assistir: