Cuidado: possíveis spoilers à frente para aqueles que não assistiram aos filmes

A icônica franquia slasher Pânico está prestes a ganhar um quinto volume – e já está criando inúmeras teorias na mente dos fãs, incluindo quem pode ser o novo serial killer da saga.

Enquanto mais detalhes sobre a narrativa (e pistas sobre o assassino) não são revelados, é sempre bom relembrar da revolução que os filmes causaram no gênero do terror e no próprio cinema. E, para continuar nosso mini-especial, montamos uma lista ranqueando todos os homicidas que já vestiram a máscara do Ghostface, desde Billy Loomis e Stu Macher até Jill Roberts.

Confira:



 

Confira:

Aproveite para assistir:

7. CHARLIE WALKER, Pânico 4

Intérprete: Rory Culkin



Depois do controverso terceiro filme da franquia, Wes Craven levou mais de uma década para revisitar Pânico e apresentar o clássico do slasher a uma nova geração – não apenas de personagens, mas também de fãs. Entretanto, apesar da ótima atuação de Emma Roberts como a psicótica Jill Roberts, a revelação de Charlie Walker (Rory Culkin) como o segundo assassino não causou tanto fervor e não o transformou em um serial killer memorável o suficiente para alcançar o topo da lista (ainda mais considerando sua subordinação à colega de crime).

 

6. MICKEY ALTIERI, Pânico 2

Intérprete: Timothy Olyphant

Mickey é um dos assassinos mais relembrados da saga – e não é por qualquer razão: além da interpretação aplaudível de Timothy Olyphant, o insano personagem levou Sidney Prescott (Neve Campbell) a duvidar de todos à sua volta para isolá-la e atacar pela última vez. Mesmo com uma personalidade pérfida e uma backstory sólida o suficiente para nos convencer, Mickey encontrou seu fim de uma maneira não muito honrável e, como se não bastasse, foi ofuscado pela parceira de crime.

 

5. JILL ROBERTS, Pânico 4



Intérprete: Emma Roberts

Apesar das críticas mistas, Pânico 4’ é uma entrada subestimada da saga slasher e conseguiu, em certos aspectos, revitalizar a série de filmes ao trazer a narrativa para a era digital. E é claro que, com a emergência das redes sociais, a serial killer Jill (vivida por Emma Roberts) partiria de uma linha similar: invejando a fama da prima, Sidney, Jill arquitetou uma história muito similar ao que a protagonista vivera e fez questão de se tornar a final girl e se tornar o centro dos holofotes – isso é, até morder a própria língua e ter o destino de todos os outros homicidas da franquia.

 

4. STU MACHER, Pânico

Intérprete: Matthew Lillard


Antes de eternizar Salsicha no live-action ‘Scooby-Doo’Matthew Lillard encarnou o memorável antagonista Stu Macher em Pânico, de 1996. Apesar de não ser o vilão principal – visto que esse cargo é destinado a Billy Loomis -, Stu causou um choque muito maior quando se revelou como um dos serial killers. A construção irreverente e a falta de detalhes significativos sobre suas reais intenções ainda levantam questões sobre o que ele desejava no final de contas (e, mesmo sem respostas, é sempre divertido revisitar essas teorias).

 

3. SRA. LOOMIS, Pânico 2

Intérprete: Laurie Metcalf

Quando Debbie Salt apareceu na porta do teatro da Faculdade Windsor e revelou ser a Sra. Loomis, mãe de Billy, o mundo ficou chocado ao vê-la se revelar como a outra assassina de Pânico 2’. Auxiliada pela conturbada mente de Mickey, a personagem mergulhou numa vendeta pessoal, mostrando que era tão psicologicamente deturpada quanto o próprio filho e que faria de tudo para matar Sidney. Como se não bastasse, a complexa personalidade da Sra. Loomis foi absorvida com perfeição pela incrível Laurie Metcalf – que roubou a cena todas as vezes em que aparecia.

 

2. BILLY LOOMIS, Pânico

Intérprete: Skeet Ulrich

Billy Loomis foi o primeiro assassino da franquia Pânico e foi encarnado brilhantemente por Skeet Ulrich. Billy posou como o namorado de Sidney e prometeu ficar ao lado dela depois de Ghostface colocar seu alvo na protagonista, além de jurar protegê-la de qualquer mal. Porém, ele foi o responsável por arquitetar o plano de matar a mãe de Sidney, acusando-a de ter um caso com o pai dele e afastá-lo da família. Billy tem as “melhores” motivações da franquia, e também se mostra um sociopata de primeira. Mas se não fosse o Roman, ele ainda estaria feliz com a Sidney. Talvez…

 

1. ROMAN BRIDGER, Pânico 3

Intérprete: Scott Foley

Pânico 3’ representou uma drástica queda na qualidade da franquia, mas ainda assim é um filme acima da média. Criticando Hollywood e os podres que se escondem por trás dos bastidores do show business, o longa tem seus pontos altos – entretanto, um deles não é Roman Bridger (Scott Foley). Além de ser o serial killer mais prolífico, com nada menos que nove mortes sob sua reputação, o personagem carrega uma história incrível demais – tendo sido o “responsável” por dar início a toda a franquia. A cena do embate entre ela e a meia-irmã Sidney é uma das melhores e mais intensas de toda a franquia, com um desfecho de matar.

Lembrando que a Paramount Pictures lança ‘Pânico‘ no Brasil no dia 13 de janeiro de 2022, um dia antes da estreia norte-americana.

Não deixe de assistir: