Quando a Disney anunciou o remake live action de ‘Mulan‘, os fãs foram pegos de surpresa ao descobrirem que o dragão Mushu e o soldado Li Shang ficariam de fora da adaptação.

Na animação original, o capitão Li Shang desempenha um importante papel e é o interesse amoroso de Mulan, então por que ele foi removido do remake?

Durante uma entrevista para o Collider, o produtor Jason Reed foi questionado com a mesma pergunta, ao que ele respondeu:

“Ter um comandante que também é o interesse amoroso de Mulan (Liu Yifei) era muito desconfortável e não achamos apropriado, como um chefe dando em cim ade uma funcionária. Então dividimos o conceito de Li Shang em dois personagens… Um deles é o Comandante Tung (Donnie Yen), que serve como um pai adotivo e mentor para ela durante o filme. O outro é Honghui (Yoson An), que tem a mesma função que ela no exército, por isso não há uma hierarquia entre eles, mas há a mesma dinâmica do original.”

Anteriormente, BD Wong, dublador de Shang na animação de 1998, disse à Entertainment Weekly que não vê problema na ausência do personagem e está ansioso para assistir a adaptação de Niki Caro.



“É uma adaptação, não é? Eu não me sinto dono do personagem [Li Shang] e estou animado para ver como [Niki] Caro vai abordar essa fascinante história. Sou muito feliz por ter participado do original e também estou empolgado para reviver a história como fã.”

Lembrando que ‘Mulan‘ estria nos cinemas nacionais em 26 de março de 2020.

Confira o comercial de TV:

A versão live-action é dirigida por Niki Caro, e é estrelada pela chinesa Liu Yifei, também conhecida como Crystal Liu, uma das atrizes mais populares desta geração no país



Rick Jaffa e Amanda Silver são os roteiristas. 

Aproveite para assistir:



Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva