Quarteto Fantástico é uma franquia que não tem dado certo nos cinemas, e o reboot de 2015, estrelado por Miles Teller, Michael B. Jordan, Kate Mara e Jamie Bell, também experimentou desse fracasso.

Após o diretor Josh Trank recentemente retirar o filme de sua filmografia no Instagram, ele decidiu falar sobre o que deu errado no projeto.

Segundo o diretor, o estúdio interveio e decidiu remontar todo o filme.

“Foi como ser castrado”, disse Trank à Polygon.

“Você está lá trabalhando, e basicamente assiste aos produtores cortando as cenas, tirando cinco minutos essenciais, decidindo a sequência de fatos que vão construir o que está acontecendo, e o que é que eles precisam. E então, porque eles sabem que você está sendo legal, eles vão ser gentis com você, dizendo: ‘Bem, isso soa bem?’ Você pode dizer sim ou não.”, afirmou.

Recentemente, o roteirista Jeremy Slater também reconheceu o resultado negativo do longa em seu Twitter.

“Quando finalmente bati o pé na porta, tinha três projetos de sonhos na minha lista de desejos. Um deles era Marvel (Aliás, desculpa por aquilo lá gente, sério!), o outro era ‘Star Wars’ e o terceiro, claro era Stephen King”

Vale lembrar que Trank filmou mais da metade de ‘Quarteto Fantástico e devido à problemas com o elenco nos bastidores, acabou sendo substituído por Simon Kinberg, que ficou responsável por todo o terceiro ato da trama.

Aproveite para assistir:

Agora, com a compra da Fox pela Disney, é esperado que o Quarteto Fantástico ganhe, de fato, um filme digno de sua importância.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE