sábado, julho 20, 2024

Reboot de ‘A Noiva de Frankenstein’ tem estreia ADIANTADA em uma semana

Inicialmente programado para 3 de outubro de 2025, a Warner Bros. anunciou que o reboot de ‘A Noiva de Frankenstein‘ (The Bride!) teve sua estreia adiantada em uma semana.

Agora, a nova versão estreará oficialmente no dia 26 de setembro de 2025, e irá bater de frente com a sequência ‘Jogos Mortais XI‘, que será lançada no mesmo dia.

Christian Bale (‘Batman: O Cavaleiro das Trevas’) interpretará o monstro Frankenstein, enquanto Jessie Buckley (‘Men: Faces do Medo’) viverá sua noiva titular.

Confira a primeira imagem da produção:

bride 1

O elenco ainda contará com Penelope CruzPeter Sarsgaard, Jake Gyllenhaal e Annette Bening.

Maggie Gyllenhaal (‘A Filha Perdida’) será responsável pela direção e roteiro da nova versão, além de servir como produtora.

Na década de 1930, o solitário Frankenstein viaja para Chicago para buscar a ajuda do Dr. Euphronius, na esperança de que ele possa criar uma companhia para si mesmo. Os dois trazem de volta uma jovem assassinada e ela se torna a Noiva. Ela está além do que eles haviam imaginado, impulsionando uma chama de romance, a atenção da polícia e um movimento social selvagem e radical.

Essa nova versão de ‘A Noiva de Frankenstein‘ será uma releitura do filme original lançado em 1935, dirigido por James Whale, que por sua vez era uma sequência do icônico ‘Frankenstein‘ de 1931, ambos considerados clássicos do gênero de monstros.

Não deixe de assistir:

Na trama original de ‘A Noiva de Frankenstein‘, lançado em 1935, o Dr. Frankenstein e seu monstro retornam, pois não estavam mortos como inicialmente se acreditava. O pesquisador planeja parar suas demoníacas experiências, mas quando um cientista louco sequestra sua esposa, ele concorda em ajudá-lo em criar uma nova criatura, uma mulher, para ser companheira do monstro.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS