Apesar de ‘Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City‘ ter alcançado apenas 50% de aprovação da crítica, o elenco do reboot está esperançoso sobre uma sequência.

Durante uma entrevista para o Comic Book, Robbie Amell e Kaya Scodelario, intérpretes dos irmãos Chris e Claire Redfield, comentaram sobre o que esperam de uma possível continuação.

“Eu adoraria continuar interpretando Chris. Este foi um sonho que se tornou realidade para mim”, disse Amell. “O que importa agora é se o filme vai se sair bem, se isso acontecer, acho que pode rolar uma sequência. Sei que a história termina com um gancho para outro filme e [o diretor] e Johannes Roberts falou sobre ‘Code Veronica’ eResident Evil 4‘ como possibilidades que poderíamos adaptar. Então, quem sabe?”

Scodelario acrescentou que:



“Essa é uma discussão que podemos ter depois que este filme se consolidar. Desde o início, nosso foco era acertar o filme e encontrar algo interessante que não vimos nos anteriores. Mas, sim, não dá para negar a emoção em ver este universo ganhando força. Estamos vendo que as pessoas realmente gostariam de ter mais, e eu adoraria continuar como Claire Redfield. Acho que ela ainda tem muito mais a fazer daqui para a frente.”

Aproveite para assistir:

Anteriormente, Roberts disse ao Games Radar que já tem planos para a sequência.

Na trama do remake, os Redfield tentam descobrir os planos por trás da farmacêutica Umbrella Corporation e acabam se deparando com um mundo prestes a ser tomado por zumbis, criados pela corporação.



Como o filme é inspirado nos dois primeiros jogos da franquia, focados nos Redfield, Roberts disse que a sequência poderia ser focada em Leon Kennedy, protagonista do 4º jogo.

Para quem não sabe, o 4º título acompanha é ambientado seis anos após o 2, e acompanha a história de Leon enquanto viaja pela Espanha rural em busca da filha do presidente dos EUA, sequestrada por uma misteriosa seita.

“Estou obcecado pelo 4º jogo”, disse Roberts. “Eu imaginei essa se tornando a trama de um novo filme. Há muitas histórias interessantes e pequenos detalhes que trouxemos para este filme, mas seria incrível explorar mais da franquia, porque existem personagens que não usamos neste filme e que adoraríamos trazer no próximo.

Ele ainda disse que também planeja adaptações baseadas em ‘Resident Evil 7′ e Resident Evil Village’.

“No futuro, pretendo trazer um lado diferente da franquia, como aquele que vemos em ‘Resident Evil 7′ e ‘Village’, com tramas muito mais sombrias e grotescas.”

Lembrando que Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City será lançado nos cinemas nacionais no dia 02 de dezembro.

Confira as principais críticas:



“O diretor e roteirista Johannes Roberts entrega uma série de fan-services, mas com uma narrativa sem coesão e com poucos sustos” – Variety.

“É a primeira entrada assistível da franquia. Pela primeira vez, não invejamos as pessoas sortudas que são mortas por zumbis” – New York Post.

“Enquanto os fãs do game irão adorar a fidelidade aos jogos, essa abordagem tem seus próprios erros” – Digital Spy.

“Um reboot totalmente desprovido da distinção visual ou da personalidade que transformaram os predecessores em intrigantes diamantes brutos” – AV Club.

Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City’ tem muito sangue, mas nada assustador ou imaginativo” – Culture Mix.


A produção irá adaptar a história dos dois primeiros jogos e, assim como no original, acontecerá em 1998 e contará os eventos da cidade Raccoon City sendo cercada por zumbis. Tanto a Mansão Spencer quanto o Departamento de Polícia de Raccoon City aparecerão no filme.

O longa recebeu a alta classificação Rated-R (para maiores de 17 anos) por “forte violência sangrenta, e linguagem adulta”.

O elenco também conta com Kaya Scodelario como Claire Redfield, Tom Hopper como Albert Wesker, Avan Jogia como Leon e Lily Gao como Ada Wong, Neal McDonough como William Birkin), Chad Rock como Richard Aiken e Donal Logue como Brad Vickers.

Além de dirigir, Roberts assina o roteiro ao lado de Greg Russo (‘Mortal Kombat 2021’).

Desde que a Capcom lançou o título que inaugurou o gênero de terror de sobrevivência em 1996, Resident Evil se tornou uma das franquias de games de maior sucesso de todos os tempos, com mais de 100 milhões de jogos vendidos em todo o mundo. Com quase 25 anos de história, a série já foi muito além dos videogames e ganhou adaptações para o cinema, além de ter inspirado atrações em parques temáticos. Com seis filmes produzidos pela Constantin Film, Resident Eviljá arrecadou mais de US$ 1,2 bilhão em todo o mundo, valor que a transformou na saga baseada em videogame mais lucrativa do mercado. 

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: