As últimas semanas têm sido bastante enérgicas para a indústria musical – e, sete dias depois de Alicia Keys fazer seu tão aguardado comeback, chegou a vez de outros nomes voltarem a fisgar nossa atenção com canções incríveis e álbuns bastante chamativos.

De fato, os highlights dessa semana se destinam a Melanie Martinez, que fez seu retorno pouco mais de um ano com seu último CD. O EP After School não apenas veio acompanhada de sete novas faixas, mas o primeiro single, “The Bakery”, cujo videoclipe já está disponível no YouTube. Kylie Minogue também lançou a segunda faixa promocional de ‘Disco’, “Magic”, voltando para os anos 1970 com uma vibrante e dançante atmosfera. E Vin Diesel (sim, o Dominic Toretto de ‘Velozes e Furiosos’) fez sua estreia no mundo da música com “Feel Like I Do”.

Confira:

MÚSICAS

“THE BAKERY”, Melanie Martinez

Melanie havia anunciado a sequência do álbum visual ‘K-12’ há poucos dias – e os rumores se concretizaram com o lançamento surpresa de “The Bakery”, primeiro single da nova era. Acompanhado de um videoclipe totalmente bizarro e on point quando pensamos na estética da artista, a iteração é, sem sombra de dúvidas, uma das melhores do ano.

Aproveite para assistir:

“MAGIC”, Kylie Minogue

Depois de lançar a oscilante “Say Something”, a princesa do pop australiana resolveu investir em “Magic” – e superou todas as nossas expectativas ao voltar para a pista de dança com uma narrativa romântica movida pelo disco. A canção, também um dos pontos altos de 2020, teve o clipe oficial lançado pouco depois, trazendo Kylie mais linda do que nunca.

“FEEL LIKE I DO”, Vin Diesel

Vin Diesel não é apenas um astro dos filmes de ação, como é um amante da música – e realizou seu sonho de lançar um single no último dia 25 de setembro, “Feel Like I Do”. Colaborando com o famoso DJ Kygo, Diesel emprestou seus vocais para um electro-pop oitentista, fazendo uso de sintetizadores e de teclados elétricos.


“HALLUCINOGENICS”, Matt Meeson, Lana Del Rey

Lana Del Rey pode ter nos deixado órfãos desde o lançamento do bombástico e aclamado ‘Norman Fucking Rockwell’ – e, enquanto ela não lança seu novo álbum, ao menos se reuniu com Matt Meeson para a deliciosa rendição country-pop “Hallucionogenics”, cujo ponto alto é a provocante química que compartilham desde os primeiros versos.

“PA TI + LONELY”, Jennifer Lopez, Maluma

Os titãs da música latina Jennifer Lopez e Maluma se reuniram nos últimos dias para entregar aos fãs não apenas um, mas dois singles recheados de sensualidade e visuais incríveis, “Pa Ti” e “Lonely”. Apostando em uma semi-balada reggaeton, a dupla mostra seus melhores movimentos em um romance quente e sexy que se transforma em um pesadelo sem precedentes.

ÁLBUNS

MY GIFT’, Carrie Underwood

Já fazia dois anos desde que Carrie Underwood não nos agraciava com sua belíssima voz – e, poucos meses antes das celebrações natalinas, ela retornou com sua própria releitura de nada menos que 12 clássicos de fim de ano, desde Beethoven até Taylor Swift (sim, é isso mesmo que você leu).

AFTER SCHOOL’, Melanie Martinez

“The Bakery” não foi a única surpresa de Melanie nesta última semana – ela também aproveitou o hype para divulgar o EP After School. Ao longo de sete faixas, a cantora e compositora retorna com suas pesadas letras e suas pungentes críticas sociais no que apenas podemos chamar da investida mais coesa de sua carreira.


CHIP CHROME & THE MONO-TONES’, The Neighbourhood

Poucos anos depois de lançar seu último álbum de estúdio, a banda de rock The Neighbourhood voltou com o compilado de originais Chip Chrome & The Mono-Tones, que já está se tornando um favorito da crítica em 2020. O CD é precedido pelos singles “Cherry Flavoured” e “Lost in Translation”, além de ser formado por nove outras faixas.

TICKETS TO MY DOWNFALL’, Machine Gun Kelly


Com recepção bastante positiva por parte da crítica internacional, Tickets to My Downfall representou um grande afastamento de Machine Gun Kelly de suas incursões anteriores no rap, mergulhando, dessa vez, na poderosa sonoridade do pop-punk. O álbum é acompanhado pelos singles “Bloody Valentine” e “Concert for Aliens”.

THE ASCENSION’, Sufjan Stevens

Sufjan Stevens é um prolífico e interessante nome da indústria fonográfica contemporânea – e, meses depois de ter lançado ‘Aporia’, ele retornou com um compilado de quinze canções originais intitulado The Ascension. Caindo no gosto da crítica, o CD mistura elementos do electro-pop, da música ambiente e até mesmo do pop industrial – e promovido pelos singles “America”, “Video Game” e “Sugar”.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE