[ANTES DE COMEÇAR A MATÉRIA, FIQUE CIENTE QUE ELA ESTÁ RECHEADA DE SPOILERS] 

Se você ainda não assistiu o sétimo episódio de WandaVision, não leia esta matéria para não receber spoilers.

Vou começar a análise de hoje me retificando de um erro cometido na semana passada. Na ocasião, eu disse que o sexto episódio trazia elementos de séries como Modern Family e The Office, principalmente pelo uso de situações constrangedoras e as famosas quebras de quarta parede. Porém, a do episódio anterior tinha como parâmetro uma série adolescente, deixando esses dois seriados citados previamente para serem explorados no sétimo episódio. Falando no diabo, o episódio de hoje foi feito para aqueles que reclamam que a série não explica direito as situações. Esse sétimo capítulo chegou para deixar certas coisas muito claras e preparar a audiência para as duas últimas partes da história.



Teoria confirmada!

O ponto alto do episódio foi mesmo a revelação de que a vizinha Agnes (Kathryn Hahn) é, na verdade, a bruxa Agatha Harkness, assim como dizia a teoria dos fãs. E seguindo a teoria, ela se mostrou a grande vilã manipuladora que nós esperávamos. Porém, ficou faltando um outro vilão aparecer: o demônio Mephisto. Como ainda faltam dois episódios, dá tempo dele aparecer. Ah, vale lembrar que Billy e Tommy desapareceram e que a câmera deu um foco aparentemente “desnecessário” em um livro trancado, o que pode ser um indício de que o demônio ainda vá aparecer, trazendo a possibilidade dele ser liberto pela bruxa antes do fim da série. Outro ponto que ajuda nessa teoria é a música cantada por Agatha sobre estar “fazendo tudo sozinha”. É uma canção debochada e toda vez que chega no refrão, ela muda de assunto ou faz um gesto pra câmera como se estivesse guardando um segredo. Ou seja, fãs que acreditam na teoria do Mephisto estar por trás de tudo, não joguem a toalha! Ainda há tempo.

Outra teoria de fãs que parece ter ganhado força com esse episódio é a de um possível envolvimento da E.S.P.A.D.A. com a reconstrução do robô do mal, Ultron (James Spader). É dito neste episódio que a organização estava tentando reviver o Visão (Paul Bettany) para utilizá-lo como arma.

Nos quadrinhos, o Ultron só precisa ter sua cabeça mantida para conseguir sobreviver e transferir sua consciência para outro corpo mecânico. Conforme visto em Homem-Aranha: De Volta ao Lar (2017), a S.H.I.E.L.D. tem posse da cabeça do robozão. Será que veremos enfim a A Era de Ultron, em vez da Semana de Ultron que foi mostrada nos cinemas? Seria interessante apresentar vilões para serem resolvidos em outras produções, aumentando essa integração do universo.

Mas quem deixou a teoria de lado e se consolidou como quem a gente já esperava que seria foi a Agente Monica Rambeau, que enfim descobriu seus poderes de manipulação de energia e se tornou a super-heroína Fóton. Ela ouve algumas vozes que praticamente garantem a presença dela em outras produções, principalmente as que envolvem a Capitã Marvel (Brie Larson). Ganhamos uma baita personagem com potencial de desenvolvimento no Universo Cinematográfico Marvel – caso ela sobreviva aos eventos da série, é claro. Bom lembrar que ela termina o episódio dando de cara com o misterioso Pietro (Evan Peters), o que nos faz supor que ela pode ter sido sequestrada ou vai se envolver em um embate com ele.

Aproveite para assistir:



Por fim, o easter egg mais incrível do episódio foi mesmo o anúncio inserido na trama sobre as cápsulas Nexus. Nas HQs, o termo “Nexus” tem duas atribuições. Uma é para nomear um portal que une todas as dimensões e suas possibilidade de existência, enquanto a outra é usada para descrever criaturas tão poderosas que são capazes de alterar os rumos dos universos. Lembra que eu vim falando nas últimas semanas que a Wanda (Elizabeth Olsen) era uma das “Âncoras Universais”? Pois bem, é isso. A parte legal é que esses “seres” vão fazer parte das investigações da série do Loki, o que acaba por interligar ainda mais o MCU. Outro ponto a ser ressaltado é que a Wanda aparece tomando essas cápsulas na série.

Bem, agora faltam apenas dois episódios para o término da primeira série original do MCU. Até o momento, temos Wanda descontrolada e sob efeito da magia de Agatha Harkness, um Pietro do mal, uma aprendiz de Capitã Marvel empenhada em deter essa maluquice, um Visão sem entender nada, uma agência secreta com segredos obscuros e duas crianças desaparecidas. Será que WandaVision chega com problema pra resolver nessa reta final? Agora é aguardar para ver como será o desenrolar dessa história.



Os novos episódios de WandaVision são lançados toda sexta-feira no Disney+.

Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva