Hoje, 13 de abril, comemora-se o Dia Internacional do Beijo – e nada melhor que celebrar uma das datas mais divertidas do ano.

Para tanto, o CinePOP separou uma breve lista com os dez beijos mais inesquecíveis do cinema e da televisão, desde o icônico momento entre Jack e Rose em Titanic até a avassaladora sequência entre Chiron e Kevin no aclamado vencedor do Oscar Moonlight: Sob a Luz do Luar.

Confira abaixo nossas escolhas e conte para nós qual o seu favorito (separados em ordem cronológica):

RACHEL E ROSS (FRIENDS, 1995)



A história de Ross (David Schwimmer) e Rachel (Jennifer Aniston) é uma das mais angustiantes da televisão e, depois de amores platônicos, demonstrações de afeto e brigas, os dois protagonistas da premiada sitcom Friends finalmente se beijaram pela primeira vez após (é claro) uma acalorada discussão sobre navios.

JACK E ROSE (TITANIC, 1997)

Um dos casais mais famosos (e mais injustiçados) de todos os tempos não poderia jamais ficar de fora da nossa lista. Jack Dawson (Leonardo DiCaprio) e Rose DeWitt (Kate Winslet) se conheceram a bordo do Titanic e, apesar do breve relacionamento que teve um abrupto fim com o naufrágio do transatlântico, trouxeram química de sobra para as telas. A sequência em que estão dentro da cabine de um automóvel e na proa do navio são memoráveis e recheadas de emoção e sensualidade.

KATHRYN E CECILE (SEGUNDAS INTENÇÕES, 1999)



Segundas Intenções ficou marcado na história do cinema como um controverso e importante longa-metragem, não apenas pelo manipulativo e chocante enredo, mas também pela icônica cena entre Kathryn (Sarah Michelle Gellar) e Cecile (Selma Blair). Na sequência em questão, as personagens discutem sobre casais homoafetivos antes de se beijarem e entregarem um vital capítulo para o gênero dos dramas adolescentes – ainda mais considerando os cruéis capítulos enfrentados pela comunidade LGBTQ+ nas décadas de 1980 e 1990.

SHREK E FIONA (SHREK, 2001)

Shrek desconstruiu absolutamente todos os preceitos dos contos de fada e entregou um enredo original, divertido, ácido e como nenhum outro de Hollywood. E são essas razões que transformam a redenção do ogro titular (Mike Myers) e de Fiona (Cameron Diaz) em algo espetacular e fora dos padrões: após lutarem contra os mais diversos inimigos, os dois amantes selam sua paixão com um Beijo de Amor Verdadeiro e, por fim, encontrando um merecido final feliz.

Aproveite para assistir:



MIA E MICHAEL (O DIÁRIO DA PRINCESA, 2001)

Mia Thermopolis (Anne Hathaway) passou a vida esperando por algo de espetacular acontecer em sua vida – e em como seria dar o seu primeiro beijo. Apesar das coisas não terem saído como o planejado e ela ter descoberto ser uma princesa no meio do caminho, seu final feliz a aguardava logo nas últimas cenas de O Diário da Princesa e do modo mais perfeito possível: beijando seu melhor amigo, Michael (Robert Schwartzman), em um belíssimo jardim iluminado.

PETER E MARY JANE (HOMEM-ARANHA, 2002)

Homem-Aranha continua no pódio como um dos melhores filmes de super-heróis de todos os tempos – e é claro que uma produção com esse calibre também traria um dos beijos mais aplaudidos da história. Na cena (que eu tenho certeza que todos conhecem), traz uma recém-salva Mary Jane (Kirsten Dunst) encontrando aquele que a impediu de ser roubada, Peter Parker (Tobey Maguire). Sem conhecer a identidade do herói, ela conversa com ele e remove a máscara apenas para lhe dar um singelo beijo.



ALLIE E NOAH (DIÁRIO DE UMA PAIXÃO, 2004)

Ryan GoslingRachel McAdams pararam o mundo e fizeram os fãs pularem de alegria ao se beijarem debaixo da chuva em Diário de uma Paixão. Aliás, poucas cenas são tão bem construídas como essa – e não é surpresa que a dupla tenha repetido o feito ao se encontrar carinhosamente durante o MTV Movie Awards 2005, ao recriarem o beijo enquanto aceitavam um dos prêmios.

CHIRON E KEVIN (MOONLIGHT: SOB A LUZ DO LUAR, 2016)

Quando Moonlight: Sob a Luz do Luar ganhou o merecido Oscar de Melhor Filme, quebrou barreiras históricas ao trazer às telonas um protagonista gay, negro e pobre, em toda sua multiplicidade narrativa. Um dos momentos principais do longa é demonstrado na singela e apaixonante cena em que Kevin (Jharrel Jerome) e Chiron (Ashton Sanders) se beijam na praia, destilando uma explosiva e, ao mesmo tempo, íntima química que os reúne anos depois quando adultos.

DAMON E RICKY (POSE, 2018)


Damon (Ryan Jamaal Swain) e Ricky (Dyllón Burnside) tiveram uma relação um tanto quanto turbulenta em Pose, facilmente a melhor série já criada por Ryan Murphy. Damon, recém-assumido gay e expulso de casa em meio à LGBTQfobia dos anos 1980, ele entra para uma Casa e vive sob os cuidados de Blanca (MJ Rodriguez). Apesar de nunca ter ficado com outro homem, Damon nutre de uma atração inequívoca por Ricky; quando sozinhos, o charmoso e experiente personagem interpretado por Burnside o deixa confortável o suficiente para beijá-lo pela primeira vez – e dar início a um enlace amoroso memorável.

RUE E JULES (EUPHORIA, 2019)

Assim como ‘Moonlight’, Euphoria trouxe inúmeras discussões importantes sobre orientação sexual e identidade de gênero ao cenário mainstream – culminando com o impactante beijo entre Rue (Zendaya) e Jules (Hunter Schafer). Na cena, Jules visita Rue através da janela de seu quarto e pede para passar a noite – e, depois de piadas e risadas, elas finalmente se beijam da forma mais cândida possível.

Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva