Começou a 43ª edição da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, um dos principais eventos brasileiros dedicados aos cinema nacional e internacional. Ao longo de 14 dias de programação, a Mostra irá exibir mais de 300 filmes, de diversos países, formatos e gêneros.

Conhecendo a dificuldade que é fazer sua própria programação diante de uma seleção tão ampla, o CinePOP decidiu preparar esta matéria com alguns dos destaques da Mostra 2019. Temos obras premiadas em Cannes, Berlim, Sundance etc, além de inúmeros possíveis candidatos ao Oscar 2020. Isso sem falar em produções nacionais inéditas.

O CinePOP irá cobrir a Mostra SP e vocês vão poder acompanhar tudo o que de melhor acontece no evento aqui no site e nas nossas redes sociais. Fiquem ligados!


 

PARASITA

Aproveite para assistir:

Vencedor da Palma de Ouro do Festival de Cannes 2020, Parasita é uma das principais atrações da Mostra. Dirigido pelo cultuado Bong Joon-ho (O Hospedeiro e Expresso do Amanhã), o longa é apontado como favorito ao Oscar de Melhor Filme Internacional em 2020. A trama gira em torno de uma família em dificuldades cujo filho começa a dar aulas de inglês para uma garota rica. Fascinada pelo estilo de vida da garota, a família tenta se inserir na vida desse novo núcleo familiar, mas nem tudo dá muito certo. Leia a nossa crítica do filme.

 

WASP NETWORK

Cultuado diretor por trás de Carlos, Acima das Nuvens e Personal Shopper, Olivier Assayas apresenta seu mais novo trabalho na Mostra. Wasp Network é o filme de abertura do evento. Trata-se de uma grande produção internacional, mas com forte ligação com o Brasil. O longa é adaptação do livro “Os Últimos Soldados da Guerra Fria”, de Fernando Morais, conta com produção de Rodrigo Teixeira e é estrelado por Wagner Moura. O ator de Narcos e Tropa de Elite conta ainda com a companhia de Edgar Ramirez, Penélope Cruz, Gael Garcia Bernal, Ana de Armas e Leonardo Sbaraglia.


 

DOIS PAPAS

Filme de encerramento da Mostra, Dois Papas é o mais novo trabalho do diretor Fernando Meirelles (Cidade de Deus e O Jardineiro Fiel). Exibido recentemente nos festivais de Toronto e Telluride, e já cotado para o Oscar 2020, o longa acompanha a política no Vaticano no período da transição entre os Papas Bento XVI e Francisco. Com visões bem diferentes, os dois devem chegar a um consenso para defender os interesses da Igreja Católica. Anthony Hopkins e Jonathan Price vivem Bento e Francisco, respectivamente. O roteiro é de Anthony McCarten, indicado ao Oscar por A Teoria de Tudo. Leia a nossa crítica do filme.

 


O FAROL

Após o impactante terror A Bruxa, o diretor Robert Eggers se prepara para lançar no Brasil seu mais novo trabalho: O Farol. O cineasta virá à São Paulo na companhia do ator Willem Dafoe para apresentar a história de dois guardas de farol em uma ilha remota de New England. Produzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira, O Farol conquistou o prêmio de Melhor Filme da FIPRESCI – Federação Internacional de Críticos de Cinema na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes 2019. O elenco traz ainda Robert Pattinson, cujo nome tem sido cotado para o Oscar 2020 pelo trabalho na produção. Leia a nossa crítica do filme.

 

A VIDA INVISÍVEL


Filme escolhido para representar o Brasil na corrida de Melhor Filme Internacional no Oscar 2020, A Vida Invisível será exibido na Mostra. Dirigido pelo ótimo Karin Aïnouz (Madame Satã e Praia do Futuro), o longa foi o grande vencedor na mostra Un Certain Regard do Festival de Cannes 2019. A trama acompanha duas irmãs que acabam separadas por buscarem sonhos diferentes, mas que passam a vida tentando se reencontrar. Fernanda Montenegro, Carol Duarte, Julia Stockler, Gregorio Duvivier, Bárbara Santos, Flavio Bauraqui e Maria Manoella formam o elenco da produção. Leia a nossa crítica do filme.

 

O PARAÍSO DEVE SER AQUI


Dirigido, escrito e estrelado por Elia Suleiman, O Paraíso Deve Ser Aqui chega ao Brasil após ser exibido no Festival de Cannes 2019 e ser escolhido como representante da Palestina na corrida pelo Oscar de Melhor Filme Internacional. Após deixar sua terra natal na Palestina, Suleiman viaja pelo mundo apenas para encontrar problemas semelhantes. Com elementos de comédia e drama, e com muito choque de realidade, o filme conta com a presença de Gael García Bernal no elenco.

 

SINÔNIMOS

Vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim, Sinônimos é outro importante destaque da Mostra. Dirigido por Nadav Lapid (A Professora do Jardim de Infância), o filme acompanha um adolescente israelense que foge para a França. Em Paris, ele tenta esconder sua nacionalidade e tem como principal companhia um dicionário de francês-hebreu. Tom Mercier, Quentin Dolmaire, Louise Chevillotte, Uria Hayik e Olivier Loustau formam o elenco principal desta criativa obra.

 


HONEYLAND

Representante da Macedônia na disputa pelo Oscar de Melhor Filme Internacional em 2020 e eleito o Melhor Documentário do Festival de Sundance 2019, Honeyland será exibido na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. O longa conta a história de Hatidze, a última caçadora de abelhas da Europa, que vê a chegada de novos apicultores desequilibrar o ecossistema de sua região. Tamara Kotevska e Ljubomir Stefanov são os responsáveis pela direção.

 

ANG HUPA

Queridinho dos cinéfilos de festivais, o diretor filipino Lav Diaz apresenta seu mais novo trabalho na Mostra. Trata-se de Ang Hupa, destaque da Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes 2019. Após a forte erupção de um vulcão causar um apagão trágico no sudeste asiático, um grupo radical toma o controle de Manila, em 2034. Joel Lamangan, Piolo Pascual, Shaina Magdayao e Pinky Amador são os protagonistas da produção. Como de costume no cinema de Lav Diaz, estamos diante de uma obra de longa duração: 4h36.

 

O JUÍZO

O suspense sobrenatural brasileiro é um projeto de longa data da família Waddington-Torres. O filme é dirigido por Andrucha Waddington, escrito por Fernanda Torres e estrelado por Fernanda Montenegro e Joaquim Torres Waddington. O Juízo acompanha Augusto Menezes (Felipe Camargo), um sujeito que, após perder o emprego e mergulhar no alcoolismo, decide se mudar com a esposa (Carol Castro) e o filho (Joaquim) para a fazenda herdada do avô. A propriedade, no entanto, possui um histórico de vingança, traição e violência que se mostrará presente. O elenco traz ainda nomes como Criolo, Kênia Bárbara, Fernando Eiras e Lima Duarte.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE