Sempre que assistimos algum filme algo sempre nos prende, seja o roteiro, a direção, as atuações… mas nem sempre o protagonista é quem leva a história, em alguns casos poderosos coadjuvantes chegam e iluminam a tela, seja pelo carisma, suas impactantes ações ou até mesmo seus mistérios. Até no universo das novelas vemos isso, não? Quem não se lembra de Rodrigo Lombardi que roubou a cena em Caminho das Índias?

Pensando nessa linha, resolvemos puxar na memória alguns filmes onde os coadjuvantes roubam a cena dos protagonistas:

 

Whiplash



O preço da perfeição é a prática constante. Escrito e dirigido pelo cineasta, de apenas 29 anos (na época), Damien Chazelle, Whiplash – Em Busca da Perfeição é o tipo de filme que vai levar o espectador a um grande sorriso assim que os créditos começarem a subir.  Eletrizante, emocionante, magnífico, espetacular. Impossível você sair da sala de cinema e não estar arrepiado com tamanha força que essa história possui, e, pra completar essa busca pela perfeição, o filme conta com a grande interpretação de J.K. Simmons. Simplesmente espetacular!

Aproveite para assistir:

 

Creed: Nascido para Lutar



Nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer. Após o ótimo Fruitvale Station: A Última Parada, o cineasta californiano Ryan Coogler embarcou em um projeto que resgata um dos grandes personagens do cinema norte-americano. Creed é uma espécie de mais um filme sobre o eterno Rocky Balboa, mas dessa vez, o lendário personagem lutador prefere ser o coadjuvante de uma ótima e criativa história que fala sobre grandes batalhas da vida. O grande destaque da fita é sem dúvidas a atuação maravilhosa de Sylvester Stallone que mostra que é possível resgatar um personagem quando ele é extremamente poderoso em cena.

 

Django Livre

Intenso, violento e libertador. O novo trabalho do aclamado diretor de filmes de ação Quentin Tarantino, Django Livre, entre muitas coisas é um resgate de um gênero esquecido por muitos que nas mãos desse talentoso cineasta vira um filme inesquecível. Entre sanguinários tiroteios e lindas paisagens, Tarantino mostra seu talento único, um gênio na arte de entreter multidões e fazer com que o público veja mais de uma vez todos os seus filmes. Nesse filme temos dois coadjuvantes fantásticos: Christoph Waltz entende um roteiro de Tarantino como poucos artistas. Seu personagem excêntrico, ex-dentista, debochado que anda com uma charrete e que possui um siso chamativo na parte de cima é simplesmente fenomenal.  Não seria um exagero em dizer que o austríaco merece um outro Oscar. Leonardio DiCaprio está excelente no papel do vilão Calvin Candie. Intenso e brutalmente explosivo, o personagem comanda as cenas já no desfecho da trama.

 



Minari

Quando rezamos, podemos ver o céu enquanto dormimos? Exibido em muitos festivais e premiado com os dois principais prêmios do Festival de Sundance, Minari fala sobre os poderes da fé e até onde pode ir um sonho de uma família que enfrenta obstáculos de todos os tipos quando resolvem se mudar para Arkansas após saírem de uma grande cidade norte-americana. Escrito e dirigido pelo cineasta norte-americano Lee Isaac Chung o projeto, super badalado pela crítica internacional, também é um delicado retrato sobre tradições e culturas. A atriz norte-coreana Youn Yuh-jung é a alma do filme, uma atuação que lhe rendeu o Oscar em 2021.

 

Os 7 de Chicago


O egocentrismo, a causa, os absurdos em um mundo em constante mudanças, formas de pensar e muita luta. Escrito e dirigido por Aaron Sorkin, Os 7 de Chicago é um filme feito para quem conheceu o epicentro da trama, as linhas do confuso roteiro gera dúvidas no espectador a todo instante principalmente pelo primeiro arco bastante confuso. Mas o elenco é fantástico e faz a diferença, muitas vezes segura as pontas do roteiro bem complicado escrito por Sorkin. Sacha Baron Cohen concorreu a prêmios por seu papel de coadjuvante, baita atuação, provando que é um grande ator.

 

Gifted (Um Laço de Amor)

Todos estamos matriculados na escola da vida, onde o mestre é o tempo. Dirigido pelo cineasta Marc Webb (do ótimo 500 Dias com Ela), Gifted explora um retrato emocionante de uma família de uma garotinha excepcional e todas as variáveis que a cercam. Bem objetivo em seu roteiro, assinado por Tom Flynn, o longa-metragem, disponível na STAR+ conta com apaixonantes atuações de Chris Evans e Mckenna Grace. Essa última é o ponto alto do filme, uma atuação marcante da jovem atriz.

 

Homem-Formiga

Depois de dirigir inúmeras comédias, algumas boas outras ruins, o cineasta norte-americano Peyton Reed ganhou a chance de dirigir o filme de um super-herói nem um pouco badalado na época mas que ganhou o carinho dos cinéfilos nerds mundo à fora por conta da simpatia. O resultado final é exatamente esse. Homem-Formiga é um filme que muita gente não esperava muita coisa, mas o longa-metragem que tem Michael Douglas e o eclético Paul Rudd como protagonista surpreende positivamente com muito ritmo em suas cenas de ação e uma construção muito divertida de toda a história do personagem título. O excelente Michael Peña que faz o amigo do super herói rouba a cena e muitos momentos!

 

Jerry Maguire

Dirigido por Cameron Crowe, chegou aos cinemas em meados da década de 90 o longa-metragem Jerry Maguire. Na trama, acompanhamos um genioso empresário de atletas de alto rendimento (interpretado por Tom Cruise) que após ataques de fúrias e discussões se vê sozinho e com apenas um cliente, o futebol americano Rod Tidwell (interpretado por Cuba Gooding Jr., que venceu o Oscar pelo papel). Assim, ambos embarcam em uma nova estrada de redenção. Cuba Gooding Jr. Rouba as atenções a todo instante, uma atuação marcante da carreira desse ótimo ator.

 

Batman: O Cavaleiro das Trevas

Talvez o maior de todos os coadjuvantes roubando a cena de um filme! Em Batman: O Cavaleiro das Trevas, nesse parte da trilogia de Christopher Nolan acompanhamos Batman enfrentando o seu maior vilão, um jovem e anárquico criminoso conhecido como Coringa que ganha força em ataques por Gotham. Mesmo já tendo Jack Nicholson como intérprete do famoso personagem anos atrás, o que Heath Ledger entrega em cena é algo raramente visto em uma tela de cinema.

 

Bastardos Inglórios

Que Tarantino sempre nos apresenta novos talentos em seus filmes é algo que todos sabem. Na trama, durante a Segunda Guerra Mundial, um grupo de judeus, conhecido como Bastardos Inglórios e liderado pelo tenente americano Aldo Raine (interpretado por Brad Pitt) enfrenta o universo sangrento dos nazistas e um inimigo cruel, um Coronel da SS, interpretado pelo ator austríaco Christoph Waltz. Hans Landa é um dos mais impactantes personagens de toda a filmografia de Tarantino.

 

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: