De acordo com o USA Today, os advogados de Johnny Depp confirmaram que os áudios vazados de Amber Heard são legítimos e datam de 2015, por isso são uma prova de que a atriz inventou que sofria violência doméstica para encobrir as agressões que causou ao ex-marido.

Em uma parte dos áudios, Heard diz:

“Sinto muito por não ter batido em seu rosto com um tapa adequado, mas eu estava dando um tapa, não um soco. Você não levou um soco. Eu não sei qual foi o movimento da minha mão, mas você parece bem, eu não te machuquei, eu não te machuquei, eu estava te dando tapas.”

Em outro momento, Heard acusa Depp de bater em suas costas, ao que ele responde: “Eu só empurrei você!” Então ela continua se defendendo, dizendo que não o socou e que ‘apenas’ deu tapas.

Através de um comunicado, Adam Waldman, um dos advogados de Depp, disse que o astro apenas se defendia enquanto Heard agia com violência.

E, depois de tentar se separar várias vezes, o ator de 56 anos foi alvo de um esquema montado por ela para acusá-lo injustamente.

“O primeiro áudio confessional revela uma conversa que qualquer vítima de abuso real reconhecerá muito bem. Isso expõe que a Srta. Heard violentou o Sr. Depp várias vezes e inventou uma fraude elaborada para encobrir suas ações. A Srta. Heard dá uma motivo para sua violência: o Sr. Depp estava sempre tentando se separar dela, para escapar de seus constantes abusos.”

De fato, Depp diz em uma parte das gravações que queria se separar para evitar mais brigas com a companheira.

“Parti ontem à noite, porque, sinceramente, juro a você que não conseguia aguentar mais brigas e abusos físicos um do outro. […] Eu já disse isso uma vez… Estou morrendo de medo de estarmos em uma cena de crime agora.”

A advogada de Heard, Roberta Kaplan, não negou as agressões vindas da atriz, mas afirmou que ela também foi vítima de violência.

10 filmes de terror no Amazon Prime Video para fugir dos problemas…

Aproveite para assistir:

10 Séries de Comédia para Maratonar nas Próximas Semanas

“O fato de uma mulher lutar ou reagir, não significa que ela não tenha sido alvo de violência doméstica. O Sr. Depp aparentemente sugere que a Srta. Heard lhe deu um tapa, e é um mito dizer que apenas por isso ela não pode também ser uma vítima. Isso simplesmente não é verdade.”

Kaplan também disse que apresentou provas de que Heard agrediu o ex-companheiro na tentativa de se proteger de seus ataques de fúria.

Na conversa deles, o único momento em que Depp admite bater em Heard é quando ele diz: “A única vez que joguei alguma coisa em você foi quando você jogou as latas para mim na Austrália”.

Até o momento, Depp e Heard não se pronunciaram sobre as atualizações do caso e permanecem divorciados desde 2017.

Após a polêmica, um grupo de fãs criou um abaixo assinado para que Heard seja demitida de ‘Aquaman 2‘ por conta da disputa judicial envolvendo a atriz e seu ex-marido, o ator Johnny Depp.

O abaixo-assinado pede que a intérprete de Mera seja substituída por outra atriz na sequência.

O documento publicado no Change.org ultrapassou 297.000 assinaturas, e parece estar ganhando força.

Confira na íntegra o pedido da petição:

Amber Heard foi exposta como agressora doméstica por Johnny Depp. Em seu processo de U $ 50 milhões, Johnny Depp descreve muitos incidentes de abuso doméstico que ele sofreu nas mãos de sua (então) esposa Amber Heard, incluindo um incidente em que ela o socou duas vezes no rosto e outro em que quebrou o dedo com uma vodca garrafa, e seu dedo teve que ser recolocado cirurgicamente. Ele carregará a cicatriz disso pelo resto da vida. 

Amber Heard também foi presa em 2009 por abusar de uma ex-parceira doméstica, Tasya Van Ree, demonstrando um padrão repetido de abuso por Amber Heard.

Desde o divórcio de Heard e Johnny Depp, ela tem sistematicamente criado uma jornada para arruinar Depp em Hollywood, repetindo vários relatos de incidentes falsos nos quais ela havia realmente abusado de Johnny Depp, mas mentiu e criou relatos falsos de que ele era o agressor. Sobre o incidente durante o qual ela quebrou os ossos no dedo de Johnny Depp e quase o esfaqueou, fazendo com que Depp necessitasse de uma cirurgia para recolocá-lo e repará-lo, Heard apresentou uma história falsa alegando que ele próprio cortou o dedo, mergulhou-o em tinta e rabiscou obscenidades por todas as paredes. 

Da mesma forma, Heard relata incidentes fabricados de Johnny Depp batendo na cara dela quando ela, de fato, o deu um soco. Embora a equipe e os vizinhos do prédio onde ela morava relatassem não ter visto marcas no rosto nas horas e dias depois que ela diz que Johnny Depp havia batido nela, ela apareceu no tribunal seis (6) dias depois com hematomas no rosto, pedindo uma ordem de restrição temporária, que foi concedida. Fotos de Heard desde o dia seguinte mostram seu rosto cheio, sem maquiagem e sem um hematoma.

Como Amber Heard é uma abusadora doméstica conhecida e comprovada, a Warner Brothers e a DC Entertainment devem demitir Heard de Aquaman 2. Eles não devem ignorar o sofrimento das vítimas de Heard e não devem fascinar um agressor doméstico. 

Os homens são vítimas de violência doméstica, assim como as mulheres. Isso deve ser reconhecido e devem ser tomadas medidas para impedir que uma agressora conhecidaseja celebrado na indústria do entretenimento.

Faça a coisa Certa. Demita Amber Heard de Aquaman 2.” 

A sequência tem estreia marcada para dezembro de 2022.  

Lançado em 2018, ‘Aquaman‘ arrecadou US$ 1,148 bilhão pelo mundo, tornando-se um dos maiores sucessos financeiros da DC em parceria com a Warner Bros.

Assista à nossa crítica:

15 Séries da Netflix Para Maratonar

15 Séries da Globoplay Para Você Maratonar

15 Séries da Amazon Prime Para Maratonar neste mês

10 reality shows insanos pra você que amou The Circle e Casamento às Cegas

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE