De acordo com o Deadline, a AMC Theatres está planejando reabrir suas salas de cinema ao redor do mundo a partir de julho e irá manter a decisão de não exibir os filmes da Universal Pictures.

O embargo com certeza irá prejudicar os próximos títulos do estúdio, que pretende lançar ainda este ano filmes como ‘A Lenda de Candyman’, ‘Halloween Kills’ e ‘007: Sem Tempo para Morrer’.

Ambos as produções previstas para estreia entre setembro e novembro, caso as datas não sejam alteradas mais uma vez devido à pandemia do Coronavírus.



Para quem não sabe, a rivalidade entre as companhias começou depois que a Universal anunciou que irá investir em lançamentos destinados ao formato digital, além das estreias no cinema.

Isso porque o lançamento digital de ‘Trolls 2‘ rendeu US$ 100 milhões ao estúdio em apenas três semanas só nos EUA, valor superior ao primeiro filme em comparação ao mesmo período.

Lembrando que ‘Trolls‘ foi lançado exclusivamente nos cinemas em 2016 pela Fox e permaneceu mais de um ano em exibição, arrecadando US$ 346,8 milhões pelo mundo, segundo o Box Office Mojo.



Devido ao pronunciamento da Universal, a AMC ganhou apoio da Cineworld, que emitiu um comunicado, dizendo:

Aproveite para assistir:



“As telas de cinemas são a melhor forma de assistir um filme e nós investimos muito nos nossos cinemas ao redor do mundo. Isso permite que os estúdios entreguem a melhor experiência possível ao público… Se a Universal pretende passar por cima dos nossos acordos nesses tempos de crise, não somos obrigados a exibir seus filmes quando nossas salas forem reabertas.”

Adam Aron, o presidente da AMC Theatres ressaltou que o fim da parceria com o estúdio se deu pela quebra de lealdade da Universal em tempos de crise:

“É decepcionante para nós, mas os comentários de Jeff Shell [presidente da Universal] sobre as ações e intenções unilaterais do estúdio não nos deixaram escolha. Por conta disso, a AMC não vai mais exibir os filmes da Universal em nenhum de nossos ao redor do mundo. Dedicamos muito tempo e investimento nesta parceria, e na primeira vez que precisamos de apoio, fomos surpreendidos por um decisão egoísta e desleal. Não faz sentido continuar com o acordo se não traz para benefício para nós.”



Por sua vez, os representantes da Universal rebateram a crítica, dizendo:

“Nosso principal objetivo é levar entretenimento de qualidade para as pessoas que estão isoladas dentro de casa e não têm outra opção de lazer a não ser uma TV ou um computador. Além disso, precisamos pagar nossos funcionários e demais parceiros, a situação é precária para todos nós. No melhor cenário, continuaremos a estreitar os laços com as empresas que confiam no nosso trabalho, mas estamos decepcionado com a atitude da AMC Theatres.”

Se a decisão da Cineworld e da AMC Theatres permanecer ao longo dos próximos meses, filmes como ‘Velozes e Furiosos 9′, ‘Jurassic World 3’ e ‘Minions 2‘ também terão uma perda significativa nas bilheterias.

Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE