Além da trama de ação e espionagem, os filmes da franquia ‘007‘ também ficaram muito populares por apresentarem belas mulheres chamadas de ‘Bond girls‘.

Em ‘Quantum of Solace‘, quem assumiu o título foi a atriz Gemma Arterton (‘Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo’), intérprete da Agente Fields.

No entanto, a estrela revelou ao The Sun que se arrepende de ter vivido a personagem e só aceitou o trabalho porque precisava de dinheiro.



“No início da minha carreira eu era muito pobre e precisava trabalhar. Precisava de dinheiro. Ainda sou criticada por ter atuado ‘007: Quantum of Solace‘… Mas eu só tinha 21 anos e tinha que pagar meu empréstimo estudantil. Qual é? Era um filme do James Bond.”

Ela também disse que seu principal arrependimento é sobre como sua personagem foi tratada como um mero objeto sexual.

“Ao longo dos anos, adquiri mais experiência e percebi que existem muitas coisas erradas com as mulheres da franquia, elas são objetos sexuais. Ao rever o filme, eu percebo que minha personagem deveria ter recusado se relacionar com ele [James Bond].”

Lembrando que o próximo filme da franquia é ‘007 – Sem Tempo para Morrer‘, que marca a despedida de Daniel Craig como o icônico espião.

Recentemente, a atriz Lashana Lynch tocou no assunto sobre as ‘Bond girls’ e garantiu ao Tech Radar que as personagens femininas do longa vão receber o devido respeito.

Aproveite para assistir:





“Acho que com a agência feminina atual está retratando as mulheres como elas gostariam de se ver, sendo completamente autênticas e suficientes. ‘007 – Sem tempo Para Morrer tem muito disso’. Você vê autenticidade escorrendo pelas personagens, nas que já existem na franquia, e nas novatas, como eu. Elas não são donzelas em perigo ou colírios para os homens. Esse filme vai honrá-las, porque há um empoderamento que eu nunca vi nos filmes [da franquia]. Acho que isso é um ótimo exemplo para as gerações mais jovens.”

Segundo a Variety, a MGM e a EON Productions ainda estão discutindo  se devem adiar a estreia da sequência nos cinemas mais uma vez, ou vendê-lo para algum serviço de streaming.

Por enquanto, a estreia continua agendada para abril de 2021, mas como os casos de COVID-19 continuam a crescer pelo mundo, os estúdios estão preocupados em lançar o blockbuster e não encontrar o público nos cinemas.

Segundo o site, o público alvo do filme é mais velho – e é justamente essa faixa etária que tem mais receio de voltar aos cinemas em meio a pandemia.

A MGM está considerando vender o filme para um serviço de streaming por mais de US$ 600 milhões.



A Netflix e a Apple estão entre os serviços interessados ​​em adquirir o filme, mas acharam o preço alto demais. O filme inicialmente estava previsto para estrear em abril, mas atrasou o lançamento do filme várias vezes devido à pandemia do Coronavírus. O relatório diz que os atrasos custaram ao estúdio algo entre US$ 30 milhões e US $ 50 milhões.  

O longa tem estreia prevista para 02 de abril de 2021.

Com 163 minutos (2 horas e 43 minutos), esta a iteração mais longa de toda a franquia.

Na trama, o agente secreto britânico está desfrutando de uma vida tranquila na Jamaica, depois de ter deixado o serviço ativo. No entanto, sua paz está com os dias contados, já que uma nova missão lhe é dada.

Dirigido por Cary Joji Fukunaga (Beasts of No Nation e True Detective), ‘007 – Sem Tempo Para Morrer‘ traz também o retorno de Ralph Fiennes, Naomie Harris, Rory Kinnear, Léa Seydoux, Ben Whishaw e Jeffrey Wright ao elenco e ainda apresenta Ana de Armas, Dali Benssalah, David Dencik, Lashana Lynch, Billy Magnussen e Rami Malek.



Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE