Considerado um dos diretores mais visionários de Hollywood, Christopher Nolan foi duramente criticado pelo escritor Christopher Priest, autor de ‘O Grande Truque‘, adaptado para o cinema sob a direção de Nolan em 2006.

Em um vídeo publicado no canal do site Skript em 2014, Priest afirma que a adaptação do romance é uma das poucas obras de qualidade na carreira do cineasta, além de ‘Amnésia‘ (2000).

O escritor argumenta que os títulos dirigidos por Nolansão vazios, mal escritos e constrangedores“, e nem a aclamada trilogia d’O Cavaleiro das Trevas‘ escapou das críticas.

“Tenho filhos que gostam de super-heróis, e eles acham os filmes do Batman chatos. Eles gostam de ‘Os Vingadores‘ e ‘Homem de Ferro‘ porque são divertidos. Foi um erro dar um tom de realismo psicológico ao filmes do Batman. Sinto muito por essa opinião, mas é o que eu acho. As pessoas perdem o interesse depois das cenas de ação. Para mim, foi uma péssima decisão entregar um filme de super-herói ao Nolan.”

Priest também revela que Sam Mendes era o favorito para dirigir ‘O Grande Truque‘ depois de ter feito um grande sucesso ao dirigir ‘Beleza Americana‘ em 1999.

No entanto, o romancista decidiu dar uma chance a Nolan depois de ter assistido ‘Following‘ (1998), seu primeiro longa-metragem.

“Mendes era o favorito para dirigir a adaptação [de ‘O Grande Truque‘]. Era uma oferta incrível. Seria o próximo filme dele, e eu fiquei super empolgado. Depois que assisti ‘Following‘, achei que Nolan seria uma boa opção, então influenciei os produtores a escolherem ele no lugar de Mendes. Acho que ele [Nolan] nem sabe disso.”

Apesar de ter gostado do resultado, Priest confessa que ficou decepcionado com o futuro de Nolan e quando o encontrou pela primeira vez, não sentiu nenhum interesse em conversar com ele.

Aproveite para assistir:


SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE


“Para o mundo, ele é esse cineasta visionário. Para mim, é um garoto querendo se infiltrar em Hollywood. Ele está tentando ser uma espécie de Kubrick moderno. Acho que ele está mais para um Hitchcock moderno. Ele fez um bom trabalho em ‘Amnésiae ‘O Grande Truque‘. Mas esses blockbusters são constrangedores. Nem me atrevi a assistir esse último.”, disse ele, referindo-se a ‘Interestelar‘.

Assista:

 

Lembrando que Nolan retorna ao cinema este ano com ‘Tenet’, um dos mais caros da de sua filmografia – e até mesmo da história do cinema.

De acordo com o Collider, a produção custará mais de US$200 milhões, com orçamento previsto para atingir a casa dos US$225 milhões. Para se ter uma ideia, A Origem, filme que contou com Leonardo DiCaprio e que contou com efeitos visuais revolucionários, custou US$160 milhões.

Assista ao primeiro trailer:

Além de dirigir, Christopher Nolan também é responsável pelo roteiro da produção.

A sinopse revelada pelo estúdio só entrega que se trata de “um épico de ação envolvendo o mundo da espionagem internacional”.

Além de John David Washington, Robert Pattinson e Michael Caine, que já trabalhou em vários filmes de Nolan, incluindo os três filmes do ‘Cavaleiro das Trevas’, o elenco é composto por Kenneth Branagh, Dimple Kapadia, Aaron Taylor-Johnson, Clemence Poesy e Elizabeth Debicki.

Tenet‘ chega aos cinemas dia 23 de julho de 2020.

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE

Não deixe de assistir: