Universo iniciado em 1989 se mantém vivo

Há alguns meses a DC Comics anunciou duas novas séries para seus quadrinhos, ambas apelando diretamente para a nostalgia dos leitores: Superman ‘78 e Batman ‘89. Não surpreendente, ambas tem como premissa revisitar as versões de icônicos personagens apresentados em versões live action do cinema em ambos os anos. Dessa maneira o Superman de Christopher Reeve, o Batman de Michael Keaton, o Lex Luthor de Gene Hackman e outros acabam se reecontrando com os leitores.

Foi só recentemente que a primeira edição de Batman ‘89 foi lançada, apresentando a conhecida Gotham de Tim Burton e o Batman de Michael Keaton já com alguns bons anos de experiência nas costas. Acima de tudo, a nova história enfim entrega uma continuação ao abortado plano original envolvendo o promotor público Harvey Dent (interpretado por Billy Dee Williams), que foi introduzido no filme de 1989.

Introduzido como um elemento um pouco maior do que uma referência à sua contraparte nos quadrinhos, Harvey teve ao menos uma base estabelecida inicialmente que poderia vir a convertê-lo em vilão; isso tendo acontecido anos antes de Longo Dia das Bruxas que é a origem melhor reconhecida do vilão. 



Harvey Dent de Billy Dee Williams enfim se tornará o Duas Caras.

Sua presença acabou sendo descartada na sequência direta de 1992 e, quando o personagem retornou como um dos antagonistas em Batman Eternamente não só ele estava totalmente diferente, em termos de personalidade, como o ator havia sido trocado por Tommy Lee Jones que formou uma dupla com Jim Carrey.

Fora uma revisita ao personagem coadjuvante, Batman 89’ também introduz outros ilustres nomes para o universo de Burton; começando por Bárbara Gordon, completamente ausente nos filmes porém aqui apresentada como sargento da polícia de Gotham e noiva de Harvey Dent. Além dela há a tão demorada estreia do Robin; originalmente planejado para ser introduzido em Batman, O Retorno, sendo interpretado por Marlon Wayans, o ajudante foi descartado ainda durante o processo de criação do filme.

Aproveite para assistir:

Eventualmente, Robin foi introduzido, porém, interpretado por Chris O’Donnell e não mais parte da continuidade de 1989. A primeira edição do quadrinho introduziu o que teria sido seu visual, mas ainda pouco de sua personalidade. Futuramente já foi confirmado que a série também dará continuidade à jornada da icônica Mulher Gato de Michelle Pfeiffer após os eventos de Batman, O Retorno (1992).

À primeira vista Batman ‘89 entrega exatamente o que promete ser: um produto nostálgico que dá continuidade à uma adaptação do personagem que é querida por muitos e nunca recebeu uma despedida apropriada. 



 

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: