Destaque

Bob Iger abre mão do salário da Disney em virtude do coronavírus

O coronavírus afetou o ramo do entretenimento de forma grandiosa, interrompendo a produção de filmes e séries, bem como o lançamento de vários projetos nas telonas e telinhas.

E pensando no impacto econômico que a pandemia e o período de reclusão podem gerar na Disney, o ex-presidente e agora executivo de alto escalão da empresa decidiu abrir mão de seu milionário salário durante o delicado momento.

Já o novo CEO da Casa do Mickey, Bob Chapek, decidiu abrir mão de 50% de seu pagamento. Vale ressaltar que Chapek assumiu a presidência da empresa recentemente, em virtude do anúncio da saída imediata de Iger do cargo. Anteriormente, o ex-CEO permaneceria na função até 2021.

Chapek assume a Disney após ter sido o presidente da divisão de Parques da empresa. Sua repentina ascensão no cargo é marcada por um dos momentos mais delicados da empresa, que se viu forçada a fechar seus parques ao redor do mundo, a fim de evitar a propagação do coronavírus.

Além disso, diversos projetos cinematográficos da Disney foram afetados, como as filmagens de ‘Shang-Chi‘ e as estreias de ‘Mulan‘ e ‘Viúva Negra‘.