A variante Delta do Coronavírus está se provando um novo desafio no combate à pandemia e somente a vacinação em passa pode conter o avanço da nova cepa.

Por conta disso, diversos estabelecimentos estão começando a exigir comprovantes de vacinação para que os clientes possam desfrutar dos ambientes com os devidos cuidados.

No início deste mês, o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, anunciou a exigência para todas as atividades em locais internos a partir de setembro.

Em Los Angeles, o prefeito Eric Garcetti também está a fim de oficializar a precaução.



E parece que os proprietários de cinemas estão apoiando a medida, como revelou o The Hollywood Reporter.

Através de um comunicado, o presidente da associação, John Fithian, disse que:

Aproveite para assistir:

“Para que a indústrias e recupere totalmente, precisamos que mais pessoas sejam vacinadas. É pura ciência. As taxas de injeções foram muito boas por um tempo nos EUA e depois caíram. Precisamos que continuem. Não me interpretem mal. Haverá algumas vendas de ingressos perdidas a curto prazo, mas precisamos trabalhar numa forma de implementarmos medidas de seguranças mais eficazes, por isso apoiamos a exigência de clientes vacinados. A forma como lidamos com a crise na economia é um desafio muito grande, mas não vamos nos opor às medidas de segurança porque as pessoas precisam ser vacinadas.”

E não são apenas os proprietários de cinemas que veem os comrpovantes de vacinação como algo positivo quando se trata de ir ao cinema.



Também foi dito que vários executivos de estúdios de Hollywood estão exigindo a vacinação de seus funcionários.

Na The Walt Disney Company, os funcionários que ainda não foram vacinados e estão trabalhando no local foram alertados que terão 60 dias a partir de hoje para agilizarem a imunização.

E todos os funcionários que ainda estiverem trabalhando em casa precisarão comprovar a vacinação antes de seu retornarem aos escritórios.

A Amazon Studios está considerando fazer o mesmo.

Foi dito que os executivos da companhia estão discutindo se os atores e membros da equipe deverão ser totalmente vacinados antes de se serem contratados para filmes e séries da plataforma.

Se a exigência entrar em vigor, será aplicada apenas às produções que ainda não começaram a ser filmadas.

Aquelas que já estão em processo de gravação não estariam sujeitos à vacinação obrigatória porque isso poderia atrasar as produções.



No início da semana passada, a Netflix também implementou um procedimento semelhante.

Além daqueles dos artistas e da equipe técnica, todo o pessoal de escritório e funcionários em toda a empresa também estarão sujeitos à vacinação obrigatória.

Quem quiser visitar as instalações da empresa também deverá fornecer o comprovante de vacinação.

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: