Sejamos sinceros: quantos filmes de terror israelense a gente já viu? Com direção, produção e elenco israelense, e ainda por cima falado em hebraico? E cuja história tenha a ver com a tradição desse povo, tão distante de nós, aqui no Brasil?

Em ‘A Lenda do Golem’ a história se passa numa vila judaica no século XIX, onde os moradores vivem tranquilamente, a despeito dos seus vizinhos cristãos, que estão sendo consumidos pela peste. Isso desperta a inveja do outro povo, que, cegos pelo desespero, invadem a vila judaica para tirar satisfação, e ameaçam: se não pararem de jogar praga neles, serão todos dizimados.

Com um sentimento de impotência – afinal, como provar que não são culpados por aquela desgraça? – Hanna (Hani Furstenberg, firme no papel de uma mulher de fibra) sugere que a comunidade invoque um Golem para lhes proteger, porém, os homens e o rabino riem de sua inocência, afinal, onde já se viu uma mulher mencionar a Cabala? Hanna, no entanto, não é como qualquer mulher do século XIX: ela é estudada, inteligente e decidida, então, a despeito do que os homens falam, ela mesma invoca um Golem – que retorna no corpo de um menino coberto de lama.

10 filmes de terror no Amazon Prime Video para fugir dos problemas…

Aproveite para assistir:

10 Séries de Comédia para Maratonar nas Próximas Semanas

A direção de Doron Paz e Yoav Paz garante um drama que gradativamente se transforma em suspense até culminar nas cenas de terror no terceiro ato, deixando em evidência a tradição judaica nos momentos bons e ruins da trama – seja celebrando um casamento, seja explicando os perigos da Cabala e a tradição mística de Merkabah, o Trono de Deus que pode subir ou descer. O roteiro consciente da necessidade de exportar o filme para outros países se preocupa em explicar todos os pontos cruciais da cultura judaica, de modo que a trama fique totalmente compreensível para o mercado ocidental.

Todo o elenco – Ishai Golam (Benjamin, o marido de Hanna), Lenny Ravich (Horrovits), Alex Tritenko (Vladimir), etc – consegue passar a angústia de se viver ameaçado por forças diversas, e o equilíbrio desse grupo é fundamental para a boa recepção de uma trama desconhecida ao público acostumado aos exageros hollywoodianos. Entretanto, é o menino Konstantin Anikienko que é o mais bizarro de todos, assustando mesmo sem dizer uma palavra sequer o filme todo. A isso damos o nome de talento.

Se nada disso ainda for suficiente para atiçar sua curiosidade, há ainda o fator de que ‘A Lenda do Golem’ é um filme de baixo orçamento, sem pretensões e que se destaca na força da atuação de um elenco afinado e de uma trama com fundo histórico-cultural desconhecido da maioria. São uma hora e trinta e cinco minutos que vão te fazer querer descobrir mais sobre as histórias ocultas da Cabala judaica.

15 Séries da Netflix Para Maratonar

15 Séries da Globoplay Para Você Maratonar

15 Séries da Amazon Prime Para Maratonar neste mês

10 reality shows insanos pra você que amou The Circle e Casamento às Cegas

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE