Nova Orleans é uma das cidades mais culturalmente interessantes dos Estados Unidos. Cidade natal de escritores de renome como Anne Rice (autora de ‘Entrevista com o Vampiro’ e as crônicas vampirescas), é um bocado esquisito pensarmos na pouca quantidade de filmes de terror passados ou inspirados nesta cidade que acabam chegando ao grande público. De olho nessa falha de mercado, a Blumhouse abre o mês de outubro com o lançamento de ‘Negra Como a Noite’, novo terror juvenil exclusivo da Amazon Prime.

É início de verão e Shawna (Asjha Cooper) e seu melhor amigo, Pedro (Fabrizio Guido), fazem planos para curtir as férias. Depois de uma festa frustrada em que Shawna não consegue flertar com Chris (Mason Beauchamp), a jovem volta para casa sozinha à noite pelas ruas de Nova Orleans, quando, de repente, é atacada por uma criatura, que é na verdade um vampiro sem-teto. Mesmo tendo sido mordida, a jovem sobrevive, mas, no dia seguinte, quando descobre que sua mãe foi transformada em vampiro e morre por conta disso, Shawna reúne a coragem que não sabia que tinha para enfrentar os vampiros que tomam conta da cidade. Para isso, ela contará com ajuda de seu melhor amigo, do garoto por quem é apaixonada e de uma garota presidente do clube de leituras de livros de terror em um improvável grupo de adolescentes contra o mal.



Em uma hora e meia de duração, ‘Negra Como a Noite’ ( ‘Black as Night’) conduz o espectador através uma aventuresca jornada de sobrevivência protagonizada por adolescentes negros e latinos lutando contra moradores em situação de rua que são transformados em sanguinários vampiros e agem como zumbis pelas ruas. Já nos primeiros minutos é possível entender o tom que o filme irá utilizar, quando a protagonista anuncia que “no mesmo verão em que meus peitos cresceram, eu tive que lutar contra vampiros”. Quer dizer, já por aí sabemos que não é para levar a sério o filme.

Escrito por Sherman Payne, o roteiro atravessa a aventura vampiresca e ainda encontra o tempo certo para desenvolver o romance juvenil, mas sem se dedicar assim, afinal, não era o foco da trama; além disso, sutilmente insere a explicação histórica dos horrores ocorridos em Nova Orleans, tanto no passado recente, com o Katrina, quanto na época da escravidão, contextualizando uma trama pop com pano de fundo real, pouco conhecido pelo grande público.

Aproveite para assistir:

Enquanto terror, o filme de Maritte Lee Go mescla subgêneros que ajudam a ambientar o enredo em um lugar entre o trash e o terrir, elevando a história ao nível do absurdo, e, portanto, realizando um filme que tem a cara e a essência da cidade dos Estados Unidos que mais possui heranças das culturas e religiões africanas levadas para aquele país – um grande acerto da Blumhouse.



Negra Como a Noite’ é um filme de terror divertido que recupera o vampirismo dos anos 90 e o contextualiza no passado histórico dos afrodescendentes no sul dos Estados Unidos, encontrando um bom balanço entre entretenimento e pauta social.

Comentários

Não deixe de assistir: