De acordo com a Variety, o Critics Choice Awards 2021 foi adiado de 10 de janeiro para 07 de março devido ao surto de Coronavírus.

Além disso, os representantes da premiação, que é considerada um termômetro para o Oscar, anunciaram que os indicados da TV e do cinema serão anunciados em dois dias diferentes.

As séries concorrentes serão divulgadas em 18 de janeiro, enquanto os filmes serão revelados algumas semanas depois, em 07 de fevereiro.

Como de costume, o evento será realizado no Barker Hangar, em Santa Monica, Califórnia, e terá Taye Diggs como apresentador pelo 3º ano consecutivo.

Após a notícia, Joey Berlin, CEO da Critics Choice Association, comentou sobre a decisão:

Aproveite para assistir:

“Agora, mais do que nunca, as pessoas estão se voltando para o cinema e a televisão como uma fonte de conforto, um meio de educação e uma maneira de se conectarem ao mundo. Com o cronograma revisado, estamos ansiosos para comemorar todo o brilhante novo trabalho criado durante esta temporada prolongada.”

Lembrando que o Critics Choice é a premiação mais recente a ser adiada por conta da pandemia

No início da semana, os representantes do BAFTA anunciaram que a cerimônia de premiação do ano que vem será adiada de 14 de fevereiro para 11 de abril.

Como diversos estúdios interromperam suas produções e as salas de cinema foram fechadas, a crise impediu o lançamento de títulos expressivos em 2020.


Dessa forma, a data para elegibilidade dos candidatos ao BAFTA também será prorrogada.

“Essa mudança em relação à data anunciada anteriormente para 14 de fevereiro reconhece o impacto da pandemia global e acomoda um período prolongado de elegibilidade para os futuros concorrentes. Por enquanto, a xerimônia segue prevista para 11 de abril e maiores detalhes serão anunciados até o final do ano”, diz parte do comunicado.

Anteriormente, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas também anunciou o adiamento do Oscar 2021 pelo mesmo motivo.

Inicialmente previsto para 28 de fevereiro de 2021, o evento será realizado em 25 de abril.

A data de elegibilidade para o 93º Oscar também foi prorrogada por dois meses, do prazo habitual de 31 de dezembro a 28 de fevereiro.

“Nossa esperança, ao estender o período de elegibilidade e a data de entrega de nossos prêmios, é fornecer a flexibilidade que os cineastas precisam para terminar e lançar seus filmes sem serem penalizados por algo além do controle de qualquer um”, disse o presidente da Academia, David Rubin, e o CEO, Dawn Hudson, em comunicado.

A  Academia trabalhou em estreita colaboração com estúdios e distribuidores e com o Departamento de Saúde Pública de Los Angeles na definição do novo cronograma.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE