Parece que foi ontem, mas o ano de 1991 lançou dez canções que abalaram as estruturas da sociedade na época – tanto que, trinta anos depois, em pleno 2021, elas permanecem como essenciais na playlist de qualquer roqueiro de bom gosto. Por isso na data de hoje, Dia do Rock, 13 de julho – data em que se celebra o dia do famoso evento do Live Aid, aquele que aparece com o Queen no filme ‘Bohemian Rhapsody’ – trazemos para vocês 10 rocks clássicos para você aumentar o som aí e navegar na nostalgia do início dos anos 1990.

10 – ‘Under The Bridge’ – Red Hot Chili Peppers

A banda de rock californiana com um vocalista super cabeludo e que sempre cantava sem camisa ganhou muitos fãs entre rapazes e moças, fosse pelo talento, fosse pelo sex appeal. No ano de 1991 o Red Hot lançou um dos mais importantes álbuns da banda – e também da década: o ‘Blood Sugar Sex Magik’, com pérolas musicais como ‘Give It Away’, ‘Suck My Kiss’ e o inesquecível ‘Under The Bridge’.



9 – ‘Wasted Time’ – Skid Row

Foi no ano de 1991 que um dos hinos do Skid Row foi lançado: ‘Wasted Time’. Com um videoclipe em preto e branco embalado pela doce e aguda voz de Sebastian Bach, a canção tem um dos refrões mais cantados pelos roqueiros apaixonados – e também por aqueles que estão fazendo aulas de canto.

Aproveite para assistir:

8 – ‘Hunger Strike’ – Temple of the Dog



Muita gente nem sabe o nome dessa música, mas, quando ela toca, imediatamente se lembra do refrão. Com uma voz melodiosa e roca bem típica do grunge dos anos 1990 e um clipe invernal à beira do mar, ‘Hunger Strike’ traz aquele tom nórdico de cabeludos tão característico da década.

7 – ‘Right Now’ – Van Halen

O vencedor do prêmio de Clipe do Ano da MTV Video Music Awards começa com uma abertura épica de guitarras e teclados que meio que anuncia uma das aberturas mais reconhecíveis do rock. Não por menos, a música tem um senso de urgência, de agora ou nunca, e se tornou a trilha sonora de muitas viagens.

6 – ‘Mamma, I’m Coming Home’ – Ozzy Osbourne

Ozzy sempre foi um ícone do rock e do heavy metal, fosse com sua banda Black Sabbath, fosse em sua carreira solo. Quando lançou ‘Mamma, I’m Coming Home’, em homenagem à esposa – a empresária Sharon Osbourne –, o mundo do metal se identificou com a história do homem cansado que estava voltando para casa após tanto tempo.



5 – ‘Jeremy’ – Pearl Jam

Em 1991 poucos adolescentes tinham a noção do bullying enquanto conceito, mas já sofriam com a provocação, especialmente dentro da escola. Talvez por isso a música ‘Jeremy’ tenha feito tanto sucesso no ano de seu lançamento, que falava do dia em que o jovem Jeremy se posicionou dentro da sala de aula – e se tornou um dos hinos do Pearl Jam.

4 – ‘Enter Sandman’ – Metallica


Quase tão bom quanto a própria canção é o clipe bem aterrorizante da banda de James Hetfield, estrelado por um menininho assustado que está sendo assombrado por criaturas da noite que lhe trazem pesadelo. O som limpo e pesado das guitarras carregadas acompanhado pela batida forte da bateria faz pulsar o ritmo da canção dentro do peito de qualquer roqueiro.

3 – ‘Losing my Religion’ – R.E.M.

Uma das baladinhas mais tocadas em fim de festa por causa do seu tom pop-rock de cinco acordes que inicia a música em tom elevado na verdade traz uma profunda crise do vocalista Michael Stipe sobre sua fé e a crença na religião. O clipe trouxe muita polêmica justamente por abordar um tema tão tabu.

2 – ‘November Rain’ – Guns N’ Roses

A canção épica estrelada por Axl Rose e companhia mistura uma introdução de piano embalada por uma doloridíssima declaração de amor, para, então, atingir seu auge com a entrada pesada da guitarra elétrica de Slash. O clipe traz Axl como o homem traído, Slash como o amigo traíra e uma noiva sexy-gótica em pleno casamento que será atravessado por uma terrível tragédia. Apesar disso tudo, é uma das músicas que mais embalaram casais nas últimas décadas.

1 – ‘Smeels Like Teen Spirit’ – Nirvana

Os primeiros acordes dessa música são inconfundíveis. Quando o álbum ‘Nevermind’ saiu, com aquele bebê nu boiando na água de uma piscina tentando alcançar uma nota de um dólar, o cenário musical no mundo saiu do eixo com a simplicidade da canção de poucas notas. Soma-se a isso o vídeo clip que trazia três jovens cabeludos desgrenhados, cujos cabelos tapavam quase totalmente os rostos, em um ambiente universitário com um quê de rebeldia que enervava qualquer diretor de escola. Assim foi o impacto de ‘Smells Like Teen Spirit’, em 1991, o álbum de rock mais importante da década de 1990.

Comentários

Não deixe de assistir: