O período de reclusão social imposto, em virtude da pandemia do coronavírus, fez o número de usuários do Disney+ triplicar nos Estados Unidos.

Segundo a revista Forbes, entre os dias 14 e 16 de março, o serviço conquistou três vezes mais novos assinantes. Esse período marca o início da quarentena no país, quando muitas pessoas começaram a se isolar em suas residências, a fim de reduzir o índice de contágio pelo COVID-19.

O súbito aumento vertiginoso é comparado à quantidade de novos assinantes que optaram por adotar o serviço entre os dias 07 e 09 de março, período em que o vírus ainda não tinha se espalhado com rapidez no país e as escolas ainda permaneciam abertas.



Já a plataforma da Apple teve apenas 10% de aumento em seu número de assinantes, sendo o menor crescimento entre os serviços de streaming.

Vale lembrar que o streaming agora está disponível no Reino Unido, Irlanda, Espanha, Alemanha, Itália e Suíça.

 

 

Aproveite para assistir:



 

Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva