O PIANISTA NO ARMÁRIO

Behind the Candelabra é a nova obra dirigida pelo cultuado Steven Soderbergh (Terapia de Risco), que escancara a intimidade do famoso e extravagante músico Wladziu Valentino Liberace. Anunciado como último projeto na carreira de Soderbergh (conhecido por filmes como Sexo, Mentiras e Videotape, Erin Brockovich – Uma Mulher de Talento, e Traffic – pelos quais foi indicado ao Oscar, e levou o prêmio pelo último), Behind the Candelabra foi considerado muito inflamatório e gay para receber investimento dos estúdios de cinema de Hollywood. Um produtor confessou ao cineasta que ninguém iria financiar ou assistir ao filme.

Então, a solução do diretor foi concordar em lançar seu novo projeto direto para a TV, produzido pelo canal a cabo HBO. Canais de TV como o citado tem sido a casa de grandes produções, geralmente mais adultas e sérias, que não encontrariam lugar no mercado americano regulado por cifras. Embora exibido nos Estados Unidos direto na TV, o novo filme de Soderbergh teve um lançamento nos cinemas de alguns países da Europa, e agora chega ao Festival do Rio. Behind the Candelabra se tornou um grande sucesso, elogiado pelos especialistas, e ainda ganhou 11 prêmios Emmy, incluindo o de melhor filme feito para a TV, e melhor ator para a performance irretocável do astro Michael Douglas como Liberace.

6


Behind the Candelabra teve sua estreia durante o Festival de Cannes em maio, no qual durante a coletiva de imprensa do filme, Douglas se emocionou ao lembrar que a produção do filme sempre será especial para ele, pois ocorreu bem na época que o ator finalmente conseguiu derrotar o seu câncer. Esse é um dos grandes papéis de Douglas no cinema. É muito bom ver um veterano não acomodado em papéis de fácil acesso e desempenho. Douglas foi também a escolha certa para viver Liberace, já que na vida real, seu pai, o icônico Kirk Douglas, foi vizinho do músico. Douglas nunca esteve tão bem quanto na pele do esplendoroso e chamativo músico, que adorava brilhantes e exageros em seus figurinos.

Baseado no livro que serve como as memórias de Scott Thorson, adaptado para o cinema por Richard LaGravenese (Bem Amada, 1998), o filme abre as portas do armário para tirar o falecido músico à força lá de dentro. Não enganando quase ninguém, mesmo na época, sobre sua escolha sexual, Liberace tinha uma grande base de fãs nas mulheres que o adoravam, e acreditavam que o exímio pianista simplesmente ainda não havia encontrado a companheira certa. Um romance fictício com uma personalidade da época era inclusive mantido para todos os efeitos. O que Liberace apreciava verdadeiramente era a companhia do mesmo sexo, e Thorson foi seu mais duradouro companheiro.

Aproveite para assistir:

7

No filme, o sujeito é vivido por Matt Damon (Elysium), em uma atuação igualmente ousada e corajosa. Thorson, de origem humilde, é arrebatado pela personalidade esbanjadora de um artista que nunca passou por altos e baixos em sua carreira. Egocêntrico, em um dos melhores momentos do longa, Liberace paga um cirurgião, vivido de forma impagável por um sumido Rob Lowe (Austin Powers), para tornar seu companheiro uma cópia sua mais jovem. Levado duplamente em tons dramáticos e cômicos, Behind the Candelabra exibe a melhor forma de Soderbergh, um dos melhores diretores americanos dos últimos vinte anos.

9

Sem ser extremamente popular, ou conhecido do grande público, Soderbergh tem talento o suficiente para nunca se repetir e conseguir transitar em todo tipo de gênero e narrativa. Se de fato esse for o último filme desse grande diretor, o cinema sairá perdendo. Behind the Candelabra é o tipo de cinebiografia que consegue envolver o público e o jogar dentro de sua trama, fazendo-o participar daquele mundo. Aqui tudo é de primeiro nível, desde a direção de arte, fotografia, maquiagem, e, é claro, atuações. É inclusive curioso ver um dos maiores galãs do cinema das décadas de 1980 e 1990 subvertendo-se nesse papel. Como brincou Damon em Cannes, ele agora tem algo em comum com Glenn Close, Sharon Stone e Demi Moore: já foi pra cama com Douglas.


Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE