Lançado em 2011, ‘Gigantes de Aço‘ trouxe Hugh Jackman como um treinador de robôs lutadores numa aventura dramática que conquistou o público.

Dirigido por Shawn Levy (‘Free Guy’), o longa foi orçado em US$ 110 milhões e arrecadou US$ 299,2 milhões pelo mundo.

Apesar do pedidos por uma sequência, a ideia nunca foi para a frente, mas Levy revelou ao Inverse que conversou com Jackman e uma nova história ainda pode acontecer.

O cineasta disse que se animou com a projeto desde que o original foi adicionado à Netflix e vem registrando bons números de audiência desde então.



“Uma sequência pé algo que está na minha mente e nas conversas ultimamente. Talvez por causa do fato de que, quando a Netflix começou a transmiti-lo durante a pandemia, ele se tornou um de seus títulos mais populares. Depois disso, Hugh e eu passamos a conversar bastante sobre esse amor por Gigantes de Aço‘.”

Ele continuou:

Aproveite para assistir:

“Bem, nós amamos esse filme tanto quanto o público. A sequência é um daqueles projetos que você pensa: ‘Nunca diga nunca’. Parece que o amor dos fãs não acabou. Então, quem sabe?”

Confira:



Shawn Levy, diretor de ‘Free Guy revela ao Inverse que conversou com Hugh Jackman sobre um possível ‘Gigantes de Aço 2‘.”

Para quem não se lembra, a trama acompanha Charlie Kenton, ex-lutador de boxe frustrado após o esporte ter se tornado uma modalidade de alta tecnologia, sendo comandado por robôs altamente desenvolvidos.

Ele abandona a profissão e começa a viver de pequenas lutas com robôs feitos de restos do ferro velho. Quando sua carreira parece ter chegado ao fim, Charlie se reúne com o filho Max Kenton (Dakota Goyo) para uma última tentativa de se tornar vencedor com um robô desacreditado.

Relembre o trailer:


Comentários

Não deixe de assistir: